terça-feira, 24 de dezembro de 2013

(E para o Quinquagésimo post do blog, apresento-lhes...) Melvins.


Esses são os Melvins. Essa banda norte-americana foi formada em 1983 em Montesano, Washington. A banda, até hoje é formada pelo vocalista/guitarrista Buzz Osborne (Mais conhecido como "King Buzzo") e pelo baterista Dale Crover e hoje a banda conta oficialmente com o baixista Jared Warren e com um segundo baterista, Coady Willis (Ambos os integrantes novos tocam também no Big Business). Sua extensa discografia prova que a sonoridade lenta, suja e embebida no punk, heavy metal e rock experimental dessa peculiar banda foi o marco zero para diversos gêneros não só do rock alternativo (Como o Grunge) mas também para muitos estilos de Metal como o Sludge Metal, o Stoner Metal e até mesmo ao Drone Metal e ao Avant-Garde Metal e influenciando bandas de Seattle e arredores como Nirvana, Soundgarden, Green River, dentre outras, assim como bandas de fora da cena, como Tool, Boris e as bandas da cena Sludge de Nova Orleans, Louisiana, como Eyehategod e Neurosis. Isso, adicionado ao senso de humor bizarro e a constante experimentação fazem do Melvins uma banda difícil de ser rotulada.

A banda foi formada no começo de 1983 pelo vocalista/guitarrista Buzz Osborne, pelo baixista Matt Lukin e pelo baterista Mike Dillard. Os três vieram da mesma escola na época de ensino médio. No começo a banda tinha um set bastante variado, ora tocando covers de Cream e Jimi Hendrix, e ora tocando hardcore punk. Infelizmente, Dillard abandonou o grupo, sendo substituído por Dale Crover, o que fez com que o restante do grupo se mudasse para Aberdeen, cidade onde a banda começou a ensaiar músicas mais lentas e mais pesadas que muitas bandas da cena na época. Logo as primeiras gravações da banda foram lançadas na coletânea Deep Six em 1985, junto com bandas como Soundgarden, Skin Yard, Malfunkshun, The U-Men e Green River. (Nota do autor: As músicas estão presentes no EP The Deep Six Songs, qualquer coisa. rs)
Logo naquele ano de 1986, a banda lança seu primeiro registro oficial: Um EP com seis músicas simplesmente chamado de Six Songs pela C/Z Records.


Melvins - The Deep Six Songs (EP) (1985)
1. Scared
2. Blessing The Operation
3. Grinding Process
4. She Waits



Melvins - Six Songs (EP) (1986)
1. Easy As It Was
2. Now A Limo
3. Grinding Process
4. At A Crawl
5. Disinvite
6. Snake Appeal


O impacto que esse EP gerou no underground foi tanto, que logo as outras bandas da cena começaram a dar um enorme respeito ao trio de Montesano. Logo as turnês começaram pela área, com bandas como The Accüsed, Husker Dü, Soundgarden, The U-Men, March Of Crimes e Green River. Logo no fim de 1986, a banda entra em estúdio para gravar seu álbum debut. Sob a produção de Mark Deutrom, o álbum foi lançado apenas em 1987 pela Alchemy Records, sob o nome Gluey Porch Treatments.


Melvins - Gluey Porch Treatments (1987)
1. Eye Flys
2. Echo/Don't Piece Me
3. Heather Moves And Eyes
4. Steve Instant Neuman
5. Influence Of Atmosphere
6. Exact Paperbacks
7. Happy Gray Or Black
8. Leeech
9. Glow God
10. Big As Mountain
11. Heaviness Of The Load
12. Flex With You
13. Bitten Into Sympathy
14. Gluey Porch Treatments
15. Clipping Roses
16. As It Was
17. Over From The Excrement


O disco foi praticamente um divisor de águas no mundo da música underground, visto que no mesmo, as bandas menores costumavam tocar músicas rápidas. Só com o surgimento do EP Six Songs e principalmente do álbum Gluey Porch Treatments, é que as outras bandas passaram a ver que tocar lento também poderia surtir efeito. Logo novas turnês foram feitas, que contavam até mesmo com os Nirvana abrindo para eles, além de outras bandas como Poison Idea, D.R.I., The Accüsed, Neurosis, Killdozer e NOFX.

Sabido que Crover e Osborne tinham uma certa aversão a cena grunge de Seattle, o baixista Matt Lukin decidiu não se mudar com os outros dois para San Francisco, Califórnia, o que o deixou de fora do grupo para se juntar ao Mudhoney. No lugar dele entrou a filha da atriz Shirley Temple, Lori Black. Com ela assumindo as 4 cordas do baixo, a banda partiu pro estúdio para gravar seu segundo disco, Ozma, com Mark Deutrom assumindo a produção novamente. O álbum foi lançado pela Boner Records em 1989.


Melvins - Ozma (1989)
1. Vile
2. Oven
3. At A Crawl
4. Let God Be Your Gardner
5. Creepy Smell
6. Koollegged
7. Green Honey
8. Agonizer
9. Raise A Paw
10. Love Thing (KISS Cover)
11. Ever Since My Accident
12. Revulsion/We Reach
13. Dead Dressed
14. Cranky Messiah
15. Claude
16. My Small Percent Shows Most
17. Candy-O


Logo a banda partiu para mais uma turnê com os Killdozer e Nirvana, incluindo até mesmo shows com os Some Velvet Sidewalk, Girl Trouble, Pussy Galore e Fitz Of Depression. Em 1990, novos shows foram realizados com os Seaweed, Sonic Youth, Mudhoney, Soilent Green e Slugs (Esse último, mais tarde se tornaria a famosa banda de Sludge, Crowbar), antes da banda entrar em estúdio novamente para gravar com Jonathan Burnside o álbum Bullhead. O álbum logo foi lançado pela Boner Records no ano seguinte, 1991.


Melvins - Bullhead (1991)
1. Boris
2. Anaconda
3. Ligature
4. It's Shoved
5. Zodiac
6. If I Had An Exorcism
7. Your Blessened
8. Cow


O som de Bullhead se distancia e muito dos álbuns anteriores, visto que este em si contém músicas que ultrapassam os 7 minutos facilmente, enquanto que os anteriores, em sua maioria, ficavam com músicas na faixa dos 2 ou 3 minutos. Para divulgar o álbum, outros shows nos EUA foram realizados junto dos Jesus Lizard, Helmet, The Dwarves, Cows, Steel Pole Bath Tub, L7, Girl Trouble, Fugazi, dentre muitos outros. Além disso, a banda realizou sua primeira turnê na Europa, onde um de seus shows foi lançado no primeiro álbum ao vivo do grupo e o 12° da série de álbuns ao vivo da gravadora Your Choice Records, simplesmente chamado de Your Choice Live Series Vol. 12, em 1991. Depois de retornarem da bem-sucedida turnê europeia pros EUA, a banda se uniu ao produtor Billy Anderson para produzir seu segundo EP, Eggnog. O EP também foi lançado no mesmo ano, 1991, pela Boner Records. Naquele mesmo ano, a C/Z também relançou em CD o EP Six Songs com faixas extras, com o novo nome de 10 Songs.


Melvins - Your Choice Live Series Vol. 12 (1991)
1. Heather Moves And Eyes
2. At A Crawl
3. Anaconda
4. Eye Flys
5. Koollegged
6. Tanked
7. Let God Be Your Gardner
8. Revulsion



Melvins - Eggnog (EP) (1991)
 1. Wispy
2. Antitoxidote
3. Hog Leg
4. Charmicarmicat

Pegue aqui!

 Melvins - 10 Songs (1991)
1. Easy As It Was
2. Now A Limo
3. Grinding Process
4. #2 Pencil
5. At A Crawl
6. Disinvite
7. Snake Appeal
8. Show Off Your Red Hands
9. Over From The Underground
10. Crayfish

Pegue aqui!

Porém, logo após a gravação de Eggnog, a baixista Lori Black deixa a banda por motivos desconhecidos, sendo substituída por Joe Preston (Que também tocava no Earth). Com Preston, a banda tem a ideia mirabolante de lançar três EP's "solo", seguindo a mesma ideia que o Kiss teve em 1978, lançando 4 álbuns solo, de cada integrante. King Buzzo (Produzido por Barrett Jones e gravado em conjunto com Dave Grohl), Joe Preston (Produzido por Jeff Brangley) e Dale Crover (Produzido em conjunto com Greg Freeman) foram lançados simultaneamente em 1992 pela Boner Records. Com essa formação a banda também produziu seu álbum seguinte, chamado simplesmente de Lysol (Mas que também pode ser chamado de Melvins). O álbum foi produzido pela própria banda e lançado no final de 1992 também pela Boner.


Melvins - King Buzzo (EP) (1992)
 1. Isabella
2. Porg
3. Annum
4. Skeeter



Melvins - Joe Preston (EP) (1992)
1. The Eagle Has Landed
2. Bricklebrit
3. Hands First Flower



Melvins - Dale Crover (EP) (1992)
1. Hex Me
2. Dead Wipe
3. Respite
4. Hurter



Melvins - Lysol (1992)
1. Hung Bunny
2. Roman Bird Dog
3. Sacrifice (Flipper Cover)
4. Second Coming (Alice Cooper Cover)
5. The Ballad Of Dwight Fry (Alice Cooper Cover)
6. With Teeth


Inicialmente, a Boner Records estava relutante em lançar o álbum sob o nome Lysol, devido ao nome ser o mesmo de uma empresa fabricante de produtos de limpeza. O resultado? Muitas das cópias da versão em CD tiveram o nome do álbum apagado com fita isolante na capa de frente e no encarte. Porém, mesmo causando danos severos as artes, os fãs removiam as fitas facilmente, fazendo com que as cópias seguintes viessem sem o nome Lysol na capa. (Nota do autor: Por isso o álbum também pode ser chamado de Melvins apenas.)

Foi desse álbum que a banda gravou seu primeiro vídeo-clipe, da música With Teeth. A banda logo começou outras turnês no Canadá ao lado dos Soundgarden, e turnês americanas com bandas como Hammerhead, Cows, Lucy's Fur Coat, Mr. Bungle, Drop Acid, Wool e até mesmo Gwar. A banda também participou de uma edição do Reading Festival de 1992, ao lado de bandas como Nirvana, Smashing Pumpkins, PJ Harvey, Manic Street Peachers, Public Enemy, Nick Cave & The Bad Seeds e Rage Against The Machine. Depois, logo novas turnês com os Helmet foram feitas novamente, que contavam com a participação dos Cows, do Surgery e dos Cosmic Psychos.

Porém, logo após as turnês, o baixista Joe Preston sai do grupo, dando a brecha para que Lori Black voltasse ao grupo novamente para concluir a turnê.

Naquela época, o grunge estava em ascensão, e os Melvins foram um dos beneficiados, dando a possibilidade deles assinarem um contrato com a Atlantic Records. Para o próximo álbum, Houdini, a banda produziu em conjunto com ninguém menos que o próprio Kurt Cobain, vocal/guitarra do Nirvana. Porém, as primeiras sessões do álbum provaram-se um completo caos devido ao estado caótico em que Cobain se encontrava naquela época, o que fez com que ele produzisse apenas 6 faixas do álbum, enquanto que o restante a própria banda produziu novamente. Com o álbum pronto e mixado por Garth Richardson, o álbum Houdini foi lançado pela Atlantic em Setembro de 1993.


Melvins - Houdini (1993)
1. Hooch
2. Night Goat
3. Lizzy
4. Going Blind (Kiss Cover)
5. Honey Bucket
6. Hag Me
7. Set Me Straight
8. Sky Pup
9. Joan Of Arc
10. Teet
11. Copache
12. Pearl Bomb
13. Spread Eagle Beagle


Houdini é praticamente o álbum mais famoso dos Melvins, e o álbum que os levou a um bom status de sucesso, graças as músicas Hooch, Honey Bucket e Lizzy (Todas possuem vídeo-clipes) e a boa recepção de crítica e público. Após a gravação do álbum, Mark Deutrom substituiu Lori Black no baixo e com essa formação, a banda parte para mais turnês, dessa vez com o Primus os acompanhando. Outros shows contaram com as bandas Stompbox, Seaweed, Flop, Love Battery e novamente, Mudhoney. Durante as turnês com o Primus, o baixista do Kiss, Gene Simmons, já se juntou aos Melvins para tocar Going Blind. Outras turnês contaram novamente com os Nirvana e além disso, outras bandas como Breeders, Wool, L7, Babes In Toyland e Bikini Kill.

Em 1994, a banda abriu alguns shows do Rush e mais shows junto dos Nirvana. Logo a banda estava preparada para produzir o sucessor de Houdini com Garth Richardson na produção, mas devido aos altos custos e a natureza experimental, a banda produziu antes um álbum completamente experimental por si mesma. Inicialmente, o álbum se chamaria "Kurt Kobain", mas devido a morte repentina do vocalista/guitarrista do Nirvana, a banda mudou rapidamente o nome do álbum para Prick, para evitar que o álbum soasse mais como um tributo ao falecido amigo.

Porém, conflitos entre a banda e a Atlantic proibiam a banda de lançar qualquer outro material que não seja pela Atlantic, sob o nome "Melvins", então a banda simplesmente deixou o próprio nome de forma espelhada no álbum e o lançou pela Amphetamine Reptile Records em Agosto de 1994 para financiar as gravações de Stoner Witch, o álbum produzido por Garth Richardson. Stoner Witch foi lançado dois meses depois, em Outubro de 1994 pela Atlantic. (Nota do autor: Dessa vez com o nome correto. rs)


Melvins - Prick (1994)
1. How About
2. Rickets
3. Pick It 'N Flick It
4. Montreal
5. Chief Ten Beers
6. Underground
7. Chalk People
8. Punch The Lion
9. Pure Digital Silence
10. Larry
11. Roll Another One



Melvins - Stoner Witch (1994)
1. Skweetis
2. Queen
3. Sweet Willy Rollbar
4. Revolve
5. Goose Freight Train
6. Roadbull
7. At The Stake
8. Magic Pig Detective
9. Shevil
10. June Bug
11. Lividity


Stoner Witch levou a banda a um novo patamar, graças as músicas Queen e Revolve, ambas lançadas como singles e com vídeo-clipes. Novas turnês foram realizadas novamente com as L7 e os Wool. Outras turnês, realizadas no fim de 1994 contaram com os Manic Street Peachers como banda de abertura. Para as turnês de 1995 com o Nine Inch Nails, Offspring, Acid King, White Zombie, Reverend Horton Heat e Babes In Toyland a banda lançou um box especial contendo alguns singles em disco de vinil chamado de Tora Tora Tora, pela Atlantic em parceria com a X-Mas Records.


Melvins - Tora Tora Tora (Tour Box) (1995)
1. Revolve
2. Skweetis/With Teeth/White Zombie Ad
3. Night Goat/Specimen
4. Specimen/Concert Warning
5. KISW Interview/Hooch/Queen
6. Johnny Reno Gunfighter/Oven/Goose Freight Train
7. Goggles/Sweet Willy Rockbar
8. Radio Interview/Roadbull


Em 1995 a banda também participou dos festivais Pukkelpop (Com Radiohead, Foo Fighters, Pearl Jam, Smashing Pumpkins, Beck, The Prodigy, Neil Young e Chemical Brothers) e Holzstock (Com Foo Fighters e Beck). Logo após as turnês, a banda volta ao estúdio para produzir o próximo álbum, novamente com Garth Richardson. O resultado foi Stag, lançado pela Atlantic em Julho de 1996.


Melvins - Stag (1996)
1. The Bit
2. Hide
3. Bar-X-The Rocking M
4. Yacobs Lab
5. The Bloat
6. Tipping The Lion
7. Black Bock
8. Goggles
9. Soup
10. Buck Owens
11. Sterilized
12. Lacrimosa
13. Skin Horse
14. Captain Pungent
15. Berthas
16. Cottomouth


O álbum não impressionou muito os críticos, apesar da boa recepção. O público respondeu bem ao álbum, permitindo que a banda participasse da edição de 1996 do festival Lollapalooza (Com Metallica, Soundgarden, Sponge, Tool, 311, Violent Femmes, Rancid, Devo, Screaming Trees e Cocteau Twins). As turnês seguintes contaram com a banda abrindo shows do Kiss, onde o baixista Gene Simmons ocasionalmente participava dos shows dos Melvins, seja tocando Going Blind ou tocando um set inteiro. Logo, a gravadora canadense Cool Hand Productions lançou um bootleg contendo diversas músicas lançadas em singles anteriormente, chamado simplesmente de Leech, no mesmo ano de 1996. (Nota do autor: ATENÇÃO! As músicas presentes em Leech sofreram leves modificações na velocidade para que pudessem caber tudo em um CD.)


Melvins - Leech (Bootleg) (1996)
1. Leech (Green River Cover)
2. Way Of The World (Flipper Cover)
3. Theme (Clown Alley Cover)
4. Forgotten Principles
5. GGIIBBYY
6. With Yo' Heart, Not Yo' Hands (Malfunkshun Cover)
7. Four Letter Woman
8. Anal Satan
9. Venus In Furs (Velvet Underground Cover)
10. Sweet Young Thing Ain't Sweet No More (Mudhoney Cover)
11. Untitled
12. Your Blessened
13. Pronoun Piece Me
14. Someday (Flipper Cover)
15. Love Canal (Flipper Cover)
16. God Of Thunder (Kiss Cover)
17. Ever Since My Accident
18. Rocket Reducer #62 (Rama Lama Fa Fa Fa) (MC5 Cover)
19. Lexicon Devil (Germs Cover)
20. Instant Larry
21. Adolescent Wet Dream (Pussy Galore Cover)


A banda também já abriu alguns shows do Metallica. A turnê também contava com a participação dos Soul Coughing. Outras turnês foram feitas com o Rage Against The Machine. Porém, logo após as turnês, a banda decide não renovar o contrato com a Atlantic, e a banda é demitida do cast em 1997. Voltando ao meio independente, a banda assina um contrato com a Amphetamine Reptile Records para o lançamento do álbum seguinte, Honky. Produzido por Joe Barresi, o álbum foi lançado em Maio de 1997 pela nova gravadora.


Melvins - Honky (1997)
1. They All Must Be Slaughtered
2. Mombius Hibachi
3. Lovely Butterfly
4. Pitfalls In Serving Warrants
5. Air Breather Deep In The Arms Of Morphius
6. Laughing With Lucifer At Satan's Sideshow
7. How --++--
8. Harry Lauders Walking Stick Tree
9. Grin
10. In The Freaktose The Bugs Are Dying


Honky é considerado pelos fãs o álbum mais experimental da banda e por causa disso, a recepção foi um pouco mais fria, tanto da crítica quanto do público. Uma nova turnê foi realizada junto com os Tool, enquanto que outra turnê foi feita com os Helmet novamente. Uma turnê na Oceania incluiu os Cosmic Psychos os acompanhando, sendo um dos shows gravado e lançado sob o nome Alive At The Fucker Club pela Amphetamine Reptile em 1998. Enquanto isso, a gravadora também lançou uma coletânea em disco duplo chamada simplesmente de Singles 1-12 em Agosto de 1997, que contém todos os singles lançados pela banda na Amphetamine Reptile durante o ano de 1996.


Melvins - Singles 1-12 (1997)
CD 1:
1. Lexicon Devil (The Germs Cover)
2. Pigtro
3. In The Rain
4. Spread Eagle
5. Leech (Green River Cover)
6. Queen
7. Way Of The World (Flipper Cover)
8. Theme (Clown Alley Cover)
9. It's Shoved
10. Forgotten Principles
11. GGIIBBYY
12. Theresa Screams

CD 2:
1. Poison
2. Double Troubled
3. Specimen
4. All At Once
5. Jacksonville
6. Dallas
7. The Bloat
8. Fast Forward
9. Nasty Dogs & Funky Kings (ZZ Top Cover)
10. HDYF
11. How -++-Harry Lauders Walking Stick Tree
12. Zodiac (Performed By Brutal Truth)



Melvins - Alive At The Fucker Club (1998)
1. Boris
2. It's Shoved
3. Bar-X-The Rocking M
4. Antioxidote
5. The Bloat
6. Lizzy
7. Mombious Hibachi


Logo as turnês com o Helmet e posteriormente, com os Tool continuaram até 1998, onde a banda se juntou ao festival Ozzfest, junto com bandas como System Of A Down, Incubus, Tool, Megadeth, Sevendust, Motörhead, Limp Bizkit e a banda solo de Ozzy Osbourne. Logo mais bandas se juntaram ao Ozzfest, como Kilgore, Soulfly, Ultraspank, Coal Chamber, Snot, Kid Rock, Life Of Agony e Monster Voodoo Machine. Porém, após a turnê, o baixista Mark Deutrom decide deixar o grupo, sendo substituído por Kevin Rutmanis (Ex-Cows).

Em 1999, a banda começa uma parceria com a gravadora Ipecac Recordings, cujo dono é Mike Patton (Faith No More e Mr. Bungle) para o relançamento de muitos álbuns do catálogo anterior da banda. Além disso, a banda lança quase que simultaneamente, três novos álbuns de estúdio que fazem parte de uma trilogia: The Maggot, The Bootlicker e The Crybaby. Maggot e Bootlicker foram lançados em Maio e Agosto de 1999, respectivamente, enquanto que Crybaby foi lançado só em Fevereiro de 2000. A trilogia também foi lançada em uma coletânea em discos de vinil em 2000 com o nome The Trilogy Vinyl. (Nota do autor: Pra ser sincero, é melhor eu postar os discos separados, já que na realidade, tanto faz se é a trilogia toda junta ou os discos separados, enfim...).


Melvins - The Maggot (1999)
1. Amazon
2. Amazon
3. AMAZON
4. AMAZON
5. We All Love JUDY
6. We All Love JUDY
7. Manky
8. Manky
9. The Green Manalishi (With The Two Pronged Crown)
10. The Green Manalishi (With The Two Pronged Crown)
11. The Horn Bearer
12. The Horn Bearer
13. Judy
14. Judy
15. See How Pretty, See How Smart
16. See How Pretty, See How Smart



Melvins - The Bootlicker (1999)
1. Toy
2. Let It All Be
3. Black Santa
4. We We
5. Up The Dumper
6. Mary Lady Booby Kins
7. Jew Boy Flower Head
8. Lone Rose Holding Now
9. Prig

Pegue aqui!


Melvins - The Crybaby (2000)
1. Smells Like Teen Spirit (Nirvana Cover)
2. Blockbuster (Jesus Lizard Cover)
3. Ramblin' Man (Feat. Hank Williams III) (Hank Williams III Cover)
4. G.I. Joe (Feat. Mike Patton)
5. Mine Is No Disgrace (Foetus Cover)
6. Spineless (Feat. Erik Sanko & Amanda Ferguson)
7. Divorced (Feat. Tool)
8. Dry Drunk (Feat. David Yow)
9. Okie From Muskogee (Feat. Hank Williams III) (Merle Haggard Cover)
10. The Man With The Laughing Hand Is Dead (Feat. Bliss Blood)
11. Moon Pie (Feat. Kevin Sharp)


Pegue aqui!


Durante a turnê de divulgação da trilogia, a banda gravou outro show ao vivo em San Francisco, Califórnia, e lançou pela Life Is Abuse Records em edição limitadíssima em fita cassete, chamado de Live At Slim's 8-Track Tape, em 2000.


Melvins - Live At Slim's 8-Track Tape (2000)
1. Manky
2. See How Pretty, See How Smart
3. amazon
4. AMAZON
5. Let It All Be
6. Let God Be Your Gardner
7. Hog Leg
8. With Teeth
9. The Bit
10. The Bloat
11. The Green Manalishi
12. Lovely Butterfly
13. Jew Boy Flower Head
14. Eye Flys


Nas turnês, a banda passou novamente por diversas cidades norte-americanas, com bandas de abertura como Enemymine, Cosmic Psychos, Melt-Banana, Hovercraft e Mr. Bungle em 1999, enquanto que em 2000 a banda partiu sem bandas de abertura para diversas cidades norte-americanas e canadenses. Isso até 2001, quando a banda decidiu regravar algumas músicas, incluir algumas covers e fazer experimentações com músicas antigas no álbum seguinte, Electroretard. O álbum foi parcialmente produzido por Joe Barresi, enquanto que a outra parte foi produzida por Tim Green, e o álbum foi lançado pela Man's Ruin Records em Fevereiro de 2001.


Melvins - Electroretard (2001)
1. Shit Storm
2. Youth Of America (The Wipers Cover)
3. Gluey Porch Treatments
4. Revolve
5. Missing (Cows Cover)
6. Lovely Butterflies
7. Tipping The Lion
8. Interstallar Overdrive (Pink Floyd Cover)


Depois de gravar Electroretard, a banda parte para a Europa para mais uma turnê com a banda solo de Frank Black (Dos Pixies) como banda de abertura. Enquanto isso, a Ipecac decide lançar mais um álbum ao vivo dos Melvins, dessa vez gravado em Cupertino, Califórnia em 1998, completamente experimental com o uso e abuso de sintetizadores, chamado de Colossus Of Destiny, em Abril de 2001.


Melvins - Colossus Of Destiny (2001)
 1. Colossus...
2. ...Of Destiny


Pegue aqui!


Logo após a turnê na Europa, a banda volta pros EUA para mais shows com Hank Williams III, Tool e Tomahawk. Esses shows durariam até 2002, onde a banda entra em estúdio para produzir mais um álbum com o produtor japonês Toshi Kasai. O resultado dessas gravações foi Hostile Ambient Takeover, lançado pela Ipecac em Abril de 2002.


Melvins - Hostile Ambient Takeover (2002)
1. Untitled
2. Black Stooges
3. Dr. Geek
4. Little Judas Chongo
5. The Fool, The Meddling Idiot
6. The Brain Center At Whipples
7. Foaming
8. The Anti-Vermin Seed


O álbum é considerado pelos fãs como uma época de transição para a banda, e é muito apreciado pelos mesmos. A crítica, porém, ainda deu notas frias ao álbum. Outro lançamento pela Ipecac também foi o primeiro de uma série de parcerias que a banda fez nos anos seguintes: O álbum ao vivo Millenium Monsterwork 2000 conta com um show da banda ao lado dos Fantômas gravado no final do ano de 2000 no Slim's em San Francisco, Califórnia. O CD foi lançado também em Abril de 2002.


The Fantômas Mevins Big Band - Millenium Monsterwork 2000 (2002)
1. Good Morning Slaves
2. Night Goat
3. The Omen
4. Cholo Charlie
5. White Men Are The Vermin Of The Earth
6. Terpulative Guns & Drugs
7. Ol' Black Stooges
8. Ripping Chicken Meat
9. The Bit
10. Musthing With The Phunts
11. Me And The Flamer
12. She's A Puker
13. The Turkey Doctor
14. Hooch
15. Mombius Hibachi
16. Liquorton Gooksburg 
17. Skin Horse
18. Cape Fear
19. Bonus


 As turnês de divulgação de Hostile Ambient Takeover contaram com os Isis abrindo os shows da banda nos EUA. Outros shows também contaram com Mondo Generator, The Dilinger Escape Plan e a banda solo de Jello Biafra como bandas de abertura. As turnês continuaram em 2003, mas enquanto isso, a Ipecac lança uma versão ainda mais expandida do EP Six Songs, dessa vez sob o nome de 26 Songs, em Março de 2003.


Melvins - 26 Songs (2003)
1. Easy As It Was
2. Now A Limo
3. Grinding Process
4. #2 Pencil
5. At A Crawl
6. Disinvite
7. Snake Appeal
8. Show Off Your Red Hands
9. Over From Underground
10. Cray Fish
11. Easy As It Was (Original Vinyl Release)
12. Now A Limo (Original Vinyl Release)
13. Grinding Process (Original Vinyl Release)
14. At A Crawl (Original Vinyl Release)
15. Disinvite (Original Vinyl Release)
16. Snake Appeal (Original Vinyl Release)
17. Set Me Straight (Outtakes From The First 7 Inch Release)
18. Show Off Your Red Hands (Outtakes From The First 7 Inch Release)
19. #2 Pencil (Outtakes From The First 7 Inch Release)
20. Grinding Process (Garage Demo)
21. Snake Appeal (Garage Demo)
22. At A Crawl (Garage Demo)
23. Operation Blessing (Garage Demo)
24. Breakfast On The Sly (Garage Demo)
25. Ever Since My Accident/Hugh (Kill Rock Stars Compilation Release)


As turnês com o Tomahawk, Isis, Fantômas, e o Mondo Generator duraram a maior parte de 2003, que também contou com uma participação da banda no Roskilde Festival daquele ano na Dinamarca, junto de bandas como Coldplay, Metallica, Massive Attack, Blur, Queens Of The Stone Age, Sigur Rós, Björk e Interpol. A banda continuou na estrada junto do Big Business e do Mudhoney em 2004, até a banda entrar em estúdio novamente para produzir um novo álbum sob a parceria de mais um artista: O músico de Dark Ambient, Brian Williams, também conhecido pelo seu pseudônimo Lustmord. Com ele na produção e na programação, a banda produziu o disco Pigs Of The Roman Empire, e o lançou pela Ipecac em Agosto de 2004. Antes, a banda havia lançado um livro contendo diversas pinturas de arte e notas feitas pelo baterista Dale Crover junto de Greg Wackerman, um dos fundadores da Ipecac Recordings. Esse livro continha uma coletânea de músicas da banda. O lançamento se chama Neither Here Nor There e foi lançado pela Ipecac em Março de 2004 em comemoração aos 20 anos de carreira dos Melvins.


Melvins - Neither Here Nor There (2004)
1. Bar-X-The Rocking M
2. Night Goat (AmRep Single Version)
3. Hog Leg
4. The Fool, The Meddling Idiot
5. Revolve
6. Colossus Of Destiny (A Thirty Second Sample)
7. Manky
8. Oven
9. With Teeth
10. If You Get Bored (From the K Records' Let's Together Comp)
11. Let It All Be
12. Boris
13. Forgotten Principles
14. Prick (First 30 Seconds Of "Roll Another One")
15. Mombius Hibachi
16. At A Crawl (From the Let's Kiss K Records Comp)
17. Hooch
18. Eye Flys (Gluey Porch Treatments And Colossus Of Destiny Versions)


Melvins & Lustmord - Pigs Of The Roman Empire (2004)
 1. III
2. The Bloated Pope
3. Toadi Acceleratio
4. Pigs Of The Roman Empire
5. Pink Bat
6. ZZZZ Best
7. Safety Third
8. Idolatrous Apostate
9. Untitled/Hidden Track


 Logo após a colaboração, a banda volta a estrada junto de outras bandas que já haviam feito turnês com eles no passado, como Mudhoney, Isis e Fitz Of Depression. As turnês logo se cessaram de novo, pois a banda produziria mais um álbum em colaboração com outro artista: Jello Biafra (Ex-Dead Kennedys). Lançado pelo próprio selo de Biafra, o Alternative Tentacles, o álbum Never Breathe What You Can't See foi lançado em Outubro de 2004.


Jello Biafra With The Melvins - Never Breathe What You Can't See (2004)
1. Pletysmograph
2. McGruff The Crime Dog
3. Yuppie Cadillac
4. Islamic Bomb
5. The Lighter Side Of Global Terrorism
6. Caped Crusader
7. Enchanted Thoughtfist
8. Dawn Of The Fists


A divulgação do álbum contou com uma mini-turnê com o próprio Biafra mais a participação de Adam Jones, guitarrista do Tool. A banda planejava uma nova turnê na Europa no final de 2004, mas a banda acabou cancelando as datas previstas devido a complicações com o baixista Kevin Rutmanis. Para encerrar o ano de 2004, a banda decidiu fazer alguns shows nos EUA com David Scott Stone no baixo. Quando perguntado sobre o motivo do cancelamento da turnê europeia, Osborne e Crover falaram que era por que Rutmanis havia desaparecido. Os fãs estavam com medo de que Rutmanis fosse mais um da lista de baixistas que saíram da banda, mas Rutmanis retornou no começo de 2005, possibilitando a banda que participasse do festival All Tomorrow's Parties daquele ano, junto de bandas como Mogwai, Deerhoof, Sons And Daughters, dentre outros. Naquele mês de Maio de 2005, a Ipecac fez uma parceria com a Alternative Tentacles para lançar uma coletânea de antigas músicas demo dos Melvins, na época em que tocavam apenas hardcore punk. A coletânea Mangled Demos From 1983 foi lançada no fim de Maio de 2005, pela Ipecac em CD e pela Alternative Tentacles em LP.


Melvins - Mangled Demos From 1983 (2005)
1. ELKS Lodge Christmas Broadcast
2. If You Get Bored (Live Radio)
3. Forgotten Principles
4. Snake Appeal
5. Symbol: Flower
6. If You Get Bored
7. Set Me Straight
8. Symbol: Circled White Star
9. I'm Dry
10. Forgotten Principles
11. I Don't Know
12. Matt-Alec
13. The Real You
14. Run Around
15. Keep Away From Me
16. Symbol: Shamrock
17. Bibulous Confaguration During Rehearsal
18. Symbol: Iron Cross
19. Symbol: Pencil
20. Matt-Alec
21. Walter
22. Symbol: Upper Blade Scissors
23. Symbol: Airplane


Porém, em Junho de 2005, Kevin Rutmanis anunciou oficialmente que sairia do Melvins por causa de seu abuso com drogas. Para continuar a turnê, a banda chamou de volta o baixista David Scott Stone para tocar o baixo. Com ele, a banda concluiu a turnê com Jello Biafra e Adam Jones entre Outubro e Novembro de 2005. Enquanto isso, em Setembro, a Alternative Tentacles lançou o segundo álbum da colaboração entre Jello Biafra e Melvins, sob o nome Sieg Howdy!, o álbum foi lançado em Setembro de 2005.


Jello Biafra With The Melvins - Sieg Howdy! (2005)
1. Halo Of Flies
2. The Lighter Side Of Global Terrorism (Extended Space Melt Version)
3. Lessons In What Not To Become
4. Those Dumb Punk Kids (Will Buy Anything)
5. Wholly Bully Bull
6. Voted Off The Island
7. Kali-Fornia Uber Alles 21st Century
8. Dawn Of The Locusts (March Of The Locusts Remix By Dalek)
9. Enchanted Thoughtfist (Enchanted Al Mix)
10. Caped Crusader (Subway Gas Hello Kitty Mix)


Também em 2005, a banda decide regravar ao vivo em um armazém vazio em Vernon, Califórnia, o álbum Houdini inteiro junto com Trevor Dunn no baixo e Lustmord na percussão, intitulando a gravação ao vivo de Houdini Live 2005 - A History Of Gluttony And Lust, sendo lançado apenas em Maio de 2006 pela Ipecac.


Melvins - Houdini Live 2005 - A Live History Of Gluttony And Lust (2006)
1. Pearl Bomb
2. Hooch
3. Night Goat
4. Lizzy
5. Going Blind (Kiss Cover)
6. Cop-Ache
7. Set Me Straight/DCH
8. Sky Pup
9. Teet
10. Joan Of Arc
11. Honey Bucket
12. Hag Me
13. Spread Eagle Beagle


Para prosseguir com a turnê europeia, a banda se juntou a dois integrantes da banda-amiga Big Business, Coady Willis na segunda bateria e Jarred Warren no baixo. E então, em Julho de 2006, como um quarteto, a banda entra em estúdio para gravar novo material sem nenhuma outra colaboração temporária, o que não acontecia desde 2002 com Hostile Ambient Takeover. Produzindo o próprio disco (Assim como fizera em 1992 com o disco Lysol), o álbum (A) Senile Animal foi lançado em Outubro de 2006 pela Ipecac.


Melvins - (A) Senile Animal (2006)
1. The Talking Horse
2. Blood Witch
3. Civilized Worm
4. A History Of Drunks
5. Rat Faced
6. The Hawk
7. You've Never Been Right
8. A History Of Bad Men
9. The Mechanical Bride
10. A Vast Filthy Prison


(A) Senile Animal foi muito bem recebido pela crítica, que constatou que aquele disco é o velho e bom Melvins de antigamente. O disco também fez um bom sucesso, o que levou a banda a voltar a fazer vídeo-clipes, dessa vez da música The Talking Horse. Outra música do álbum, A History Of Bad Men, apareceu na trilha sonora do filme "Eu Sei Quem Me Matou", estrelando Lindsay Lohan.

A turnê do álbum contou com os Big Business abrindo os shows da banda, já que Coady Willis e Jarred Warren estavam em ambas, além de bandas como Harvey Milk, Altamont e Porn também marcaram presença. Os shows na Europa também contaram com a lenda do punk rock oitentista, Flipper, os acompanhando. A banda também participou de mais uma edição do All Tomorrow's Parties Festival, com Dinosaur Jr., Thurston Moore (Ex-Sonic Youth), Gang Of Four e Stooges.

Em 2007, as turnês prosseguem na Europa, mas enquanto isso, a Amphetamine Reptile lança um EP chamado Smash The State, para divulgar a banda nas turnês. O EP foi lançado em Agosto de 2007. Em Outubro, a banda lançou mais uma coletânea de demos que foram gravadas em 1987, dessa vez pelo selo Bifocal Media. O nome da coletânea é The Making Love Demos.


Melvins - Smash The State (EP) (2007)
1. Smash The State
2. Satlin's Solution
3. Communist Concubine
4. Useful Idiot
5. Real Fucking Nasty



Melvins - The Making Love Demos (2007)
1. Creepy Smell
2. My Small % Shows Most
3. Dime Lined Divide
4. Excess Pool
5. Vile Vermilion Vacancy
6. We Got Worries Here
7. Let God Be Your Gardner
8. Repulsion


As turnês com o Big Business continuaram no fim de 2007, dessa vez com o A Purge Of Dissidents como banda de abertura. Em 2008, a banda entra em estúdio novamente para compor e gravar com Toshi Kasai (Mesmo produtor de Hostile Ambient Takeover) na produção novamente. O álbum foi intitulado Nude With Boots e antes de seu lançamento, a banda postou em sua página no Myspace o álbum na íntegra pra ouvir enquanto voltavam a estrada. No mesmo mês que a banda estava produzindo o disco, Janeiro, a gravadora Enterruption Records lançou mais um álbum ao vivo dos Melvins em fita cassete e LP. O álbum se chama The End e foi gravado em 2003 em Los Angeles, Califórnia.


Melvins - The End (2008)
  1. At A Crawl
2. Black Stooges
3. Night Goat
4. Revolve/Brain Center At Whipples
5. Let It All Be
6. Hooch
7. Mombius Hibachi
8. The Bloat
9. The Bit


Em Junho de 2008, o Melvins decidiu se reunir com o antigo baterista Mike Dillard, deixando Dale Crover como baixista, para fazer dois shows no Great American Music Hall em San Francisco, Califórnia, em honra ao aniversário de 50 anos de Jello Biafra. Os sets dos shows contaram apenas com as músicas da coletânea Mangled Demos From 1983. No mês seguinte, Julho, o álbum Nude With Boots foi lançado pela Ipecac.


Melvins - Nude With Boots (2008)
1. The Kicking Machine
2. Billy Fish
3. Dog Island
4. Dies Iraea
5. Suicide In Progress
6. The Smiling Cobra
7. Nude With Boots
8. Flush
9. The Stupid Creep
10. The Savage Hippy
11. It Tastes Better Than The Truth


O álbum foi novamente aclamado pela crítica e público, o que permitiu que a banda continuasse na estrada para divulgar o álbum. Enquanto isso, a Amphetamine Reptile fez uma parceria com a Burlesque Of North America Records para lançar um álbum triplo, com 3 discos ao vivo da banda, vindos das turnês que a mesma fizera entre os anos de 2000 e 2006. Todos esses shows foram realizados na cidade de Minneapolis, Minnesota. O álbum recebeu o nome de Melvins vs. Minneapolis e foi lançado em Agosto de 2008. (Nota do autor: Sim. O terceiro CD foi gravado com exatas 103 faixas ao vivo contendo shows completos em um bar chamado Grumpy's, em Minneapolis, mas não como um CD que se toca em um CD Player e sim armazenado em faixas MP3. Outra curiosidade é que esse álbum ao vivo triplo, foi prensado em 666 cópias pela Amphetamine Reptile. Uma segunda versão da mesma gravadora foi prensada em 333 cópias.)


Melvins - Melvins Vs. Minneapolis (2008)
 CD 1:
1. Introduction (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
2. Let It All Be (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
3. Lovely Butterfly (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
4. Manky (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
5. Hooch (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
6. Youth Of America (The Wipers Cover) (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
7. Night Goat (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
8. With Teeth (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
9. Tipping The Lion (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
10. Queen (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
11. Promise Me (Gun Club Cover) (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
12. Black Stooges (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)
13. The Fool, The Meddling Idiot (3/20/04, Grumpy's Bar, Downtown Minneapolis)

CD 2:
1. Intro By David Scott Stone (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
2. Pigs Of The Roman Empire (Instrumental) (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
3. amazon (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
4. AMAZON (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
5. The Bloated Pope (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
6. Let It All Be (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
7. Hooch (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
8. Black Stooges (Instrumental) (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
9. At The Stake (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
10. Shevil (3/24/06, Soo Vac, Minneapolis)
11. Hung Bunny (Instrumental)/Roman Bird Dog (2/08/03, The Walker, Minneapolis)

 CD 3:
1. Let It All Be (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
2. Lovely Butterfly (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
3. Homossexuality Song (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
4. Hooch (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
5. With Teeth (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
6. Tipping The Lion (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
7. Queen (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
8. Promise Me (Gun Club Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
9. Black Stooges (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
10. It's Shoved (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
11. Halo Of Flies (Alice Cooper Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/19/04)
12. Intro (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
13. The Anti-Vermin Seed (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
14. With Teeth (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
15. Night Goat (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
16. Revolve (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
17. We All Love Judy (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
18. The Brain Center At Whipples (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
19. Let It All Be (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
20. The Fool, The Meddling Idiot (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
21. Hooch (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
22. Mombius Hibachi (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
23. Promise Me (Gun Club Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
24. Foaming (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
25. Black Stooges (First Half) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
26. Black Stooges (Second Half) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 2/09/03)
27. Noise Intro By David Scott Stone (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
28. Pigs Of The Roman Empire (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
29. amazon (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
30. AMAZON (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
31. The Bloated Pope (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
32. Let It All Be (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
33. Hooch (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
34. Joan Of Arc (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
35. Happy Birthday/Black Stooges Drum Intro (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
36. At The Stake (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
37. Shevil (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 3/25/06)
38. Missing (Cows Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
39. Snake Appeal (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
40. Okie From Muskogee (Merle Haggard Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
41. Tipping The Lion (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
42. Promise Me (Gun Club Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
43. At The Stake (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
44. Lovely Butterfly (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
45. With Yo Heart, Not Yo Hands (Malfunkshun Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
46. Adolescent Wet Dream (Pussy Galore Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
47. Halo Of Flies (Alice Cooper Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
48. Tequila (The Champs Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, First Set)
49. Night Goat (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
50. Wispy (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
51. We Reach (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
52. Let It All Be (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
53. Revolve (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
54. amazon (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
55. AMAZON (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
56. Cherub (Butthole Surfers Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
57. The Bit (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
58. Youth Of America (The Wipers Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
59. Tequila (The Champs Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/18/00, Second Set)
60. Intro (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
61. Tequila (The Champs Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
62. Okie From Muskogee (Merle Haggard Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
63. Missing (Cows Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
64. Snake Appeal (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
65. Tipping The Lion (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
66. Promise Me (Gun Club Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
67. At The Stake (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
68. Lovely Butterfly (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
69. With Yo Heart, Not Yo Hands (Malfunkshun Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
70. Adolescent Wet Dream (Pussy Galore Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
71. Halo Of Flies (Alice Cooper Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, First Set)
72. Let It All Be (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, Second Set)
73. Revolve (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, Second Set)
74. Night Goat (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, Second Set)
75. Wispy/We Reach (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, Second Set)
76. Cherub (Butthole Surfers Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, Second Set)
77. The Bit (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, Second Set)
78. Youth Of America (The Wipers Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 9/19/00, Second Set)
79. Intro/Black Stooges (Last Half) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
80. Oven (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
81. Anaconda (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
82. The Ballad Of Dwight Fry/Halo Of Flies (Alice Cooper Covers) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
83. At The Stake (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
84. Let It All Be (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
85. The Bit (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
86. Manky (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
87. It's Shoved (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/15/01)
88. Intro/Oven (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
89. Anaconda (Intro, Broken String) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
90. Halo Of Flies (Alice Cooper Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
91. Anaconda (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
92. At The Stake (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
93. Let It All Be (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
94. Night Goat (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
95. Night Goat (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
96. Cherub (Butthole Surfers Cover) (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
97. The Bit (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
98. amazon (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
99. AMAZON (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
100. With Teeth (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
101. It's Shoved (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
102. Snake Appeal (Grumpy's Bar, Coon Rapids, MN, 10/16/01)
103. Hung Bunny/Roman Dog Bird (Walker Art Center, MN, 2/08/03)


(Nota do autor: A parte 3 do álbum Melvins Vs. Minneapolis, ou seja, o disco 3, está dividido em 9 partes, e os links dessas partes estão no arquivo de texto. Eu tentei upá-las em apenas 1 parte, mas parece que o MEGA é fresco demais pra isso.)

As turnês com o Big Business e o Porn continuaram na Europa também. E para o All Tomorrow's Parties daquele ano, Osborne e cia. decidiram dividir o palco com o amigo, Mike Patton. Na edição de 2008, participou, além do Melvins, as bandas Mastodon, Butthole Surfers, Squarepusher, The Damned, Meat Puppets, Fantômas e até mesmo a lendária banda brasileira Os Mutantes. Outros shows também contaram com o retorno do Green River (Banda que tinha integrantes do Mudhoney e Pearl Jam) para um show no Showbox em Seattle, Washington, no ano de 2009. Na primavera de 2009, foi a vez da Bifocal Media lançar mais um álbum ao vivo dos Melvins, dessa vez contendo um show da banda em Berkeley, Califórnia, de 1989 e outro em Boston, Massachusetts, de 2008. O álbum se chama Pick Your Battles e foi lançado na Primavera daquele ano. Outro lançamento que também foi muito esperado pelos fãs do Melvins foi o CD de remixes Chicken Switch, cujo mesmo era alvo de rumores desde 2003. Em vez de contar com músicas remixadas, o que é comum em muitos álbuns desse tipo, em Chicken Switch a banda deu a possibilidade dos artistas de Noise/Experimental pegarem um álbum completo da banda e criar uma faixa completamente nova com as músicas presentes (Em alguns casos, mais de um álbum foi usado). O disco foi lançado pela Ipecac em Setembro de 2009.



Melvins - Pick Your Battles (2009)
1. Koollegged
2. Oven
3. Cranky Messiah
4. Raise A Paw
5. Ever Since My Accident
6. Green Honey
7. Claude
8. Your Blessened
9. Nude With Boots
10. The Kicking Machine
11. Eye Flys
12. Rat Faced Granny
13. The Hawk
14. You've Never Been Right
15. Boris



Melvins (Various Artists) - Chicken Switch (2009)
1. Washmachine Sk8tronics (Hostile Ambient Takeover)
2. Emperor Twaddle Reemix (Honky)
3. She Chokes Her Dying Breath And Does It On My Face (26 Songs)
4. AAHHH... (Lysol)
5. Linkshänder (Gluey Porch Treatments)
6. EggNog Trilogy i) She's Ivanhoe ii) Cancer iii) Inebriated (Eggnog EP)
7. SNOW REM REM IBVZ (Stag)
8. Prick Concrete/Revolution M (Prick)
9. Queen (Electrocash Remix) (Stoner Witch)
10. The Silky Apple Butter Of Youth (Ozma)
11. 4th Floor Hellcopter (Bullhead)
12. disp_tx_skel_mach_murx (Gluey Porch Treatments)
13. Overgoat (Houdini, Prick, Stag, Ozma, Hostile Ambient Takeover)
14. Over From Under The Dog, Girl & Boy Treatment (Gluey Porch Treatments)
15. Hard Revenge Milly Bloody Battle VS. The Melvins Ozmatized Gore Police (Feat. Cardopusher Of The Five Deadly Venoms) (Ozma)


Um mês antes, em Agosto, a banda se juntou ao Down (Banda do ex-vocalista do Pantera, Phil Anselmo) na turnê exclusiva do supergrupo, que durou desde o Verão até o Outono de 2009. A turnê também contou com as bandas Weedeater e Danava. Outras turnês também contaram com eles abrindo os shows do Butthole Surfers. As turnês duraram até o fim de 2009, pois a banda começa 2010 lançando outro EP, Sludge Glamorous, pela From The Nursery Records, em Janeiro.


Melvins - Sludge Glamorous (EP) (2010)
1. Dies Iraea (Long Version)
2. It Tastes Better Than The Truth (Remix)
3. Youth Of America (The Wipers Cover)

Pegue aqui!

Ainda em 2009, a banda entrou em estúdio para compor e produzir com Toshi Kasai o próximo álbum de estúdio, intitulado The Bride Screamed Murder. O álbum foi lançado pela Ipecac em Junho de 2010.


Melvins - The Bride Screamed Murder (2010)
1. The Water Glass
2. Evil New War God
3. Pig House
4. I'll Finish You Off
5. Electric Flower
6. Hospital Up
7. Inhumanity And Death
8. My Generation (The Who Cover)
9. P.G. x 3


The Bride Screamed Murder foi, acredite, o primeiro álbum dos Melvins a ficar nas paradas de sucesso da Billboard, na última posição (N° 200), vendendo 2.809 cópias nas primeiras semanas de lançamento. Mais tarde, a revista canadense "Exclaim!" classificou o álbum na posição n° 8 de melhores álbuns de Metal de 2010. As turnês de divulgação do álbum já começaram em Março, com a banda Totimoshi abrindo os shows nos EUA. A banda também participou do festival Sled Island de 2010 em Calgary, Canadá, junto de bandas como Dinosaur Jr., Built To Spill e The Posies. Em Setembro de 2010 o Melvins lança um single em conjunto com o artista HAZE-XXL na guitarra, sintetizador e backing-vocals. O nome do single é Hurray For Me Fuk You, e foi lançado pela Amphetamine Reptile. Além disso, um bootleg foi lançado em LP na Europa, chamado de Cover Songs, que, como o próprio nome diz, contém apenas músicas cover.


Melvins - Hurray For Me Fuk You (12" Single) (2010)
1. Paraquat Plus



Melvins - Cover Songs (Bootleg) (2010)
1. Arny (The Warlock Pinchers Cover)/White Punks On Dope (The Tubes Cover)
2. Today Your Love Tomorrow The World (Ramones Cover)
3. Jerkin' Krokus (Mott The Hopple Cover)
4. Return Of The Spiders (Alice Cooper Cover)
5. Rocket Reducer #62 (MC5 Cover)
6. Lexicon Devil (Germs Cover)
7. Venus In Furs (Velvet Underground Cover)
8. God Of Thunder (Kiss Cover)
9. Leech (Green River Cover)
10. California Uber Alles (Feat. Jello Biafra) (Dead Kennedys Cover)
11. Love Canal (Flipper Cover)
12. Someday (Flipper Cover)


A banda logo começou 2011 com uma série de shows únicos. Em Janeiro, a banda fez quatro shows em quatro sextas-feiras seguidas no Spaceland's, em Los Angeles, Califórnia. Nesses shows, a banda aproveitou para tocar discos inteiros. No show de 7 de Janeiro, a banda tocou Colossus Of Destiny, Lysol e Eggnog inteiros. O show de 14 de Janeiro contou com um set só de músicas dos primórdios da banda, 1983, seguido do disco Houdini inteiro. 21 de Janeiro contou apenas com o Melvins como dupla, tocando o disco Bullhead inteiro. O show do dia 28 de Janeiro contou com um set normal seguido do disco Stoner Witch inteiro. Os shows foram gravados e lançados pela Amphetamine Reptile Records em um álbum ao vivo quádruplo chamado de Endless Residency, em Maio. No mês de Maio também foi presenciado o lançamento do também disco ao vivo Sugar Daddy Live, contendo músicas ao vivo das turnês de 2008. O álbum foi lançado em CD pela Ipecac e em LP (Numa série de EP's split's) pela Amphetamine Reptile.


Melvins - Endless Residency (2011)
CD 1:
1. Colossus Of Destiny
2. Eye Flys
3. Charmicarmicat
4. Hung Bunny/Roman Dog Bird
5. Hog Leg
6. Antitoxidote
7. Wispy
8. With Teeth
9. The Ballad Of Dwight Fry
10. Sacrifice

CD 2:
1. Hag Me
2. Pearl Bomb
3. Hooch
4. Honey Bucket
5. Night Goat
6. Lizzy
7. Going Blind (Kiss Cover)
8. Joan Of Arc
9. Set Me Straight
10. DCH
11. Sky Pup
12. Teet
13. Copache
14. Spread Eagle Beagle
15. Gimme Pizza Jam
16. Star Sprangled Banner

CD 3:
1. Ligature
2. It's Shoved
3. If I Had An Exorcism
4. Zodiac
5. Anaconda
6. Euthanasia
7. Cow
8. Your Blessened
9. Boris
10. Okie From Muskogee (Merle Haggard Cover)

CD 4:
1. Lividity
2. Skweetis
3. Sweet Willy Rollbar
4. Revolve
5. June Bug
6. Roadbull
7. Goose Freight Train
8. Queen
9. At The Stake
10. Magic Pig Detective
11. Shevil
12. Goodnight Sweetheart



Melvins - Sugar Daddy Live (2011)
1. Nude With Boots
2. Dog Island
3. Dies Iraea
4. Civilized Worm
5. The Kicking Machine
6. Eye Flys
7. Tipping The Lion
8. Rat Faced Granny
9. The Hawk
10. You've Never Been Right
11. A History Of Bad Men
12. Star Sprangled Banner
13. Boris


A banda começou uma turnê na Oceania com o High On Fire, mas teve a infeliz coincidência de começar a turnê na época em que havia começado o terremoto de Christchurch na Nova Zelândia, e pela segunda vez eles também tiveram a mesma infeliz coincidência com o terremoto/tsunami de Tohöku, em Tokyo, Japão. Mas isso não impediu a banda de continuar firme e forte. Em 2011, a banda participou do Soundwave Festival de 2011, junto de bandas como Queens Of The Stone Age, 30 Seconds To Mars, Avenged Sevenfold, Sum 41, Iron Maiden, Bullet For My Valentine e Third Eye Blind. A banda também pisou pela primeira vez no México junto com o Earth.

Em meados de 2011, a banda formou uma espécie de segundo line-up, chamado de "Melvins Lite", com Osborne na guitarra e vocais, Dale Crover na bateria e Trevor Dunn no baixo para começar alguns shows e pequenas turnês esporádicas que duraram uma boa parte do ano de 2011 nos EUA e Europa. A banda lançou um EP chamado The Bulls & The Bees pela Scion A/V de graça para os fãs, em Março de 2012. O EP foi lançado de graça para os fãs da banda através de links de download, e também foi entregue de graça para os fãs que acompanharam as turnês do Melvins com o Unsane, que começaram em Abril de 2012. Em Maio, a banda participou de mais uma edição do All Tomorrow's Parties I'll Be Your Mirror Festival, que contou com a participação de bandas como Slayer, Mogwai, Mudhoney e Afghan Whigs. A banda também produziu o primeiro disco com a formação do Melvins Lite (Osborne, Crover e Dunn), chamado de Freak Puke, com Toshi Kasai novamente na produção. O álbum foi lançado pela Ipecac em Junho de 2012.


Melvins - The Bulls & The Bees (EP) (2012)
1. The War On Wisdom
2. We Are Doomed
3. Friends Before Larry
4. A Really Long Wait
5. National Hamster



 Melvins Lite - Freak Puke (2012)
1. Mr. Rip-Off
2. Inner Ear Rupture
3. Baby Won't You Weird Me Out
4. Worm Farm Waltz
5. A Growing Disgust
6. Leon Versus The Revolution
7. Holy Barbarians
8. Freak Puke
9. Let Me Roll It (Paul McCartney And Wings Cover)
10. Tommy Goes Berserk

Pegue aqui!

A banda começou divulgando o álbum com shows no Canadá, que incluía ambas as formações (O Melvins tradicional e o Melvins Lite), além de shows nos EUA. A formação Lite também começou uma turnê que virou um verdadeiro recorde, entrando até mesmo pro Guiness Book com o recorde de "Maior quantidade de shows feitos seguidamente", com 51 shows seguidos. A turnê começou em Setembro em Anchorage, Alasca e terminou em Outubro em Honolulu, Havaí. A banda gravou com Toshi Kasai mais um EP, chamado de 1983, que foi gravado junto com o primeiro baterista do grupo, Mike Dillard. O EP foi lançado em Setembro de 2012 pela Amphetamine Reptile.


Melvins - 1983 (EP) (2012)
1. Psycho-Delic Haze
2. Stick' Em Up Bitch (Pop-O-Pies Cover)
3. Stump Farmer
4. Walter's Lips (The Lewd Cover)


A banda concluiu 2012 com mais shows, dessa vez ao lado dos Redd Kross, e começa o ano de 2013 com mais turnês na Europa, seguido de uma participação no Maryland Deathfest, junto de bandas como Down, Coverage, Pelican, Sleep, Carcass, Venom e Pentagram. Ainda em 2013, a banda começou uma extensiva turnê comemorando o aniversário de 30 anos, junto de bandas como Die Kreuzen, Honky e Negative Approach (Mais tarde, o Mudhoney também se juntou aos shows). Em Abril, a banda lançou um álbum contendo apenas covers, chamado de Everybody Loves Sausages, pela Ipecac. (Nota do autor: Sendo oficial dessa vez, em vez de ser um bootleg.)


 Melvins - Everybody Loves Sausages (2013)
1. Warhead (Venom Cover)
2. Best Friend (Queen Cover)
3. Black Betty (Leadbelly Cover)
4. Set It On Fire (The Scientists Cover)
5. Station To Staion (David Bowie Cover)
6. Attitude (The Kinks Cover)
7. Female Trouble (Divine Cover)
8. Carpe Diem (The Fugs Cover)
9. Timopthy Leary Lives (Pop-O-Pies Cover)
10. In Every Dream Home A Heartache (Roxy Music Cover)
11. Romance (Tales Of Terror Cover)
12. Art School (The Jam Cover)
13. Heathen Earth (Throbing Ghistle Cover)

Pegue aqui!

Em Julho, a banda lançou mais um EP, chamado de Gaylord, sob o nome "Melvins 1983", pela Amphetamine Reptile. O EP, assim como o anterior, 1983, serviu como um "teaser" para o novo álbum da banda, que viria a ser anunciado no mês seguinte, Agosto. Sob o nome Tres Cabrones, a banda gravou com o antigo baterista da banda, Mike Dillard, que fez com que Crover ficasse como baixista. A banda também lançou mais um álbum ao vivo, dessa vez pela Third Man Records, sob o nome Live At Third Man Records, em Setembro. Sob a produção de Toshi Kasai novamente, Tres Cabrones foi lançado pela Ipecac em Novembro de 2013. A banda atualmente prossegue em turnê para divulgar o novo álbum, que conta com os Honky como banda de abertura.


Melvins 1983 - Gaylord (EP) (2013)
1. City Dump
2. You're In The Army Now
3. 99 Bottles Of Beer



Melvins - Live At Third Man Records (2013)
1. Charmicarmicat
2. It's Shoved
3. Anaconda
4. At The Stake
5. Queen
6. Cow
7. Your Blessened



Los Melvins - Tres Cabrones (2013)
1. Dr. Mule
2. City Dump
3. American Cow
4. Tie My Pecker To A Tree
5. Dogs And Cattle Prods
6. Psycho-Delic Haze
7. 99 Bottles Of Beer
8. I Told You I Was Crazy
9. Stump Farmer
10. You're In The Army Now
11. Walter's Lips (The Lewd Cover)
12. Stick' Em Up Bitch (Pop-O-Pies Cover)

6 comentários:

  1. se conseguir achar, upa a discografia do young fresh fellows e tbm o album do mlb/malfunkshun de tributo pro andy wood

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A discografia do Mother Love Bone já upei e tá disponível nesse link: http://legranje.blogspot.com.br/2013/03/sua-mae-ama-ossos-mother-love-bone.html

      Quanto ao Young Fresh Fellows e ao Malfunkshun, anotado o pedido. rs

      Excluir
  2. sim, to ligado na discografia do mlb, mas eu quis dizer o album Tribute to andy wood(http://www.discogs.com/Malfunkshun-Mother-Love-Bone-Temple-Of-The-Dog-Tribute-To-Andy-Wood/release/1419204), mas nao sei se é do mlb ou do malfunkshun esse album, sei que tem umas demos caseiras do andrew, se puder achar eu fico grato

    ResponderExcluir
  3. Tora tora de Melvins, eu nao conhecer esse cd,obrigado
    www.djlonchoradio.cl

    ResponderExcluir