sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

(Power-Grunge-Pop) The Posies.


O The Posies é um grupo de Power-Pop formado em Bellingham, Washington em 1986 pelos integrantes Jon Auer (Guitarra, vocais) e Ken Stringfellow (Guitarra, vocais). A banda começou como um projeto dos dois, que começaram a compor músicas juntos no final de 1986.

A primeira apresentação do The Posies foi como uma dupla em 1987. Durante o final de 1987 até meados de 1988, Auer sempre dirigia para sua casa para se juntar a Stringfellow para gravar 12 músicas no estúdio caseiro da família de Auer. Apesar de terem sido gravadas com a intenção de chamar a atenção de outros músicos para formar uma banda completa, as demos tiveram uma recepção tão boa que o interesse nos Posies aumentaram ainda mais com as numerosas fitas cassette circulando em Bellingham e em Seattle. Mike Musberger (baterista) e Rick Roberts (baixista, vocais) se juntaram logo em seguida, permitindo que a banda se apresentasse em shows em Seattle e Bellingham. O quarteto se mudou de Bellingham para o University District em Seattle, onde eles desenvolveram muitas das músicas que apareceriam mais tarde em futuros álbuns. Contendo todo o material das 12 músicas demo gravadas anteriormente devido a boa recepção, o primeiro álbum da banda, Failure, foi lançado de forma independente em 1988.


The Posies - Failure (1988)
1. Blind Eyes Open
2. Longest Line
3. Under Easy
4. Like Me Too
5. I May Hate You Sometimes
6. Ironing Tuesdays
7. Paint Me
8. Believe In Something Other (Than Yourself)
9. Compliment?
10. At Least For Now
11. Uncombined
12. What Little Remains


Muitas gravadoras grandes demonstraram interesse na banda bem cedo e a banda assina um contrato com a DGC Records, subsidiária da Geffen Records. O primeiro álbum pela DGC, Dear 23, é lançado em 1990.


The Posies - Dear 23 (1990)
1. My Big Mouth
2. Golden Blunders
3. Apology
4. Any Other Way
5. You Avoid Parties
6. Suddenly Mary
7. Help Yourself
8. Mrs. Green
9. Everyone Moves Away
10. Flood Of Sunshine


Ganhando um moderado sucesso nas paradas de rock moderno (n° 17) com o single Golden Blunders, a banda começa suas primeiras turnês nos EUA. Além do single Golden Blunders, Suddenly Mary também foi lançada como single promocional.

Após uma extensiva turnê nos States, a banda começa a trabalhar no terceiro álbum de estúdio no Robert Lang Studio em Shoreline, Washington no final de 1991, gravando muitas das músicas que a banda estava trabalhando nos dois anos anteriores. Dentre as gravações há três músicas escritas (E duas cantadas) pelo baixista Rick Roberts, mas Jon e Ken decidiram que as músicas de Roberts não se encaixavam muito bem no estilo do Posies e ambos pediram que ele saísse. Todas as músicas dessas sessões foram descartadas e nunca foram lançadas.

(Nota do autor: Consegui reunir as 13 músicas dessas sessões. O álbum com essas músicas (Que não foi lançado) se chama Eclipse.)


The Posies - Eclipse (Unreleased) (1991)
1. When You Dance I Can Really Love
2. Open Every Window
3. My Lonely Friend
4. This One's Taken
5. Farewell Typewritter
6. As Good As You
7. Grow
8. Going Going Gone
9. 21
10. Sullen Waistcoat
11. Magnifying Mirror
12. Joy Pulls Us Down
13. Will You Ever Ease Your Mind?


Após as sessões de Eclipse terem sido descartadas e a saída de Rick Roberts, a banda decidiu voltar a trabalhar no álbum em meados de 1992 com o produtor Don Fleming, do Gumball. Após terminarem o álbum e enviarem a DGC, a gravadora enviou de volta a banda, falando para trabalhar em alguns hits. Dave Fox se uniu a banda como baixista para trabalhar nesses hits e o álbum Frosting On The Beater foi finalmente terminado e aceito pela gravadora, sendo lançado em Abril de 1993.


The Posies - Frosting On The Beater (1993)
1. Dream All Day
2. Solar Sister
3. Flavor Of The Month
4. Love Letter Boxes
5. Definite Door
6. Burn & Shine
7. Earlier Than Expected
8. 20 Questions
9. When Mute Tongues Can Speak
10. Lights Out
11. How She Lied By Living
12. Coming Right Along


O álbum é um pouco mais pesado e intenso que os álbuns anteriores, porém, é o álbum que levou a banda a um novo patamar de sucesso graças aos 4 singles lançados: Solar Sister, Flavor Of The Month, Definite Door e principalmente Dream All Day, que ganhou um bom sucesso na MTV e nas rádios alternativas, caindo no n° 4 das paradas de rock moderno (Modern Rock Charts). A banda começa novas turnês nos EUA, Europa e Japão, mas devido a uma briga intensa entre Ken Stringfellow e Mike Musburger, o baterista deixa a banda. Com rumores de que a banda iria se separar em 1994, o baixista Dave Fox também deixa a banda. Para substituir Musburger e Fox, o baterista Brian Young e o baixista Joe Howard são contratados.

Não demorou muito tempo para a banda voltar ao estúdio para trabalhar em mais um álbum. Usando o título provisório "What Color Is A Red Light?", o álbum Amazing Disgrace foi terminado no começo de 1995, mas novamente a gravadora queria que a banda fizesse mais hits, fazendo com que o álbum só fosse lançado em Maio de 1996, sendo considerado o último álbum da banda pela DGC/Geffen. Um EP promocional de Amazing Disgrace, chamado Randy Leasure's Posies CD Sampler, também foi lançado no mesmo ano.


The Posies - Amazing Disgrace (1996)
1. Daily Mutilation
2. Ontario
3. Throwaway
4. Please Return It
5. Hate Song
6. Precious Moments
7. Fight It (If You Want)
8. Everybody Is A Fucking Liar
9. World
10. Grant Hart
11. Broken Record
12. The Certainty
13. Song #1
14. Will You Ever Ease Your Mind?
15. Terrorized



The Posies - Randy Leasure's Posies CD Sampler (EP) (1996)
1. Please Return It
2. Going, Going, Gone
3. Leave Me Be
4. King Midas In Reverse (The Hollies Cover)
5. Every Christian Lionhearted Man Will Show You
6. Richie Dagger's Crime
7. Grant Hart


Encarando uma mudança de clima nas rádios e fãs que pediam um som do tipo de Frosting On The Beater, a banda encontrou menos sucesso com Amazing Disgrace nos EUA, mas o álbum fez um relativo sucesso lá fora, vendendo mais mundo afora que no país natal do quarteto. O álbum gerou três singles: Everybody Is A Fucking Liar, Please Return It e Ontario.

Após gastarem a maior parte de 1996 e o começo de 1997 com turnês nos EUA e Europa, e fazendo uma aparição em associação a sua antiga gravadora PopLlama para tocar "Voyage Of The Aquanauts" em um episódio de um programa educacional chamado Bill Nye The Science Guy, a banda retorna para seu lar e dão um tempo para os integrantes se focarem em outros projetos, retornando apenas no fim de 1997 para uma pequena quantidade de shows, por muitas vezes acompanhados de rumores de que seriam seus últimos shows, mas ao invés de se separarem, a banda retorna ao estúdio com a intuição de gravar mais um álbum escolhendo apenas uma dúzia de músicas antigas que não foram aproveitadas antes nos álbuns anteriores. O resultado foi Success, lançado pela PopLlama em 1998.


The Posies - Success (1998)
1. Somehow Everything
2. You're The Beautiful One
3. Looking Lost
4. Fall Apart With Me
5. Placebo
6. Who To Blame
7. Start A Life
8. Friendship Of The Future
9. Grow
10. Farewell Typewritter
11. Every Bitter Drop
12. Fall Song


Apenas um único single saiu de Success: Da música Start A Life. Uma turnê veio logo em seguida, com shows novamente nos EUA e Europa. É um desses shows na Europa que foi gravado e lançado no álbum ao vivo Alive Before The Iceberg em 2000 pela gravadora espanhola independente Houston Party Records.


The Posies - Alive Before The Iceberg (2000)
1. Somehow Everything
2. Please Return It
3. Dream All Day
4. You're The Beautiful One
5. Start A Life
6. Precious Moments
7. Grant Hart
8. Flavor Of The Month
9. Everybody Is A Fucking Liar
10. Broken Record
11. Surrender
12. Throwaway


Após retornarem da Europa, a banda tocou os últimos shows naquele momento, um em Seattle no Bumbershoot Festival, um em San Francisco e outro em um show beneficente em honra de um roadie da banda chamado Joe Norcio em 1999. A banda se separa novamente para continuar seus projetos paralelos. Porém, no começo do ano 2000, Auer e Stringfellow se juntaram novamente para um show acústico em Seattle, que foi gravado e lançado com o nome de In Case You Didn't Feel Like Plugging In.


The Posies - In Case You Didn't Feel Like Plugging In (2000)
1. Grant Hart
2. Every Bitter Drop
3. Flavor Of The Month
4. Believe In Something Other (Than Yourself)
5. (Tape Change Break)
6. Suddenly Mary
7. Solar Sister
8. I May Hate You Sometimes
9. (Sick F's)
10. Please Return It
11. Precious Moments
12. (Brownie)
13. Throwaway


Também lançado em 2000, o box-set At Least, At Last, mostrando toda a história da banda de 1987 até 1998 em 4 CD's. O box-set foi lançado pela Not Lame Records.



The Posies - At Least, At Last (2000)
CD 1:
1. Believe In Something Other (Than Yourself) (1987-08-28)
2. I Don't Want To Talk To You (Jon's Demo)
3. Help Yourself (Demo)
4. Thinking Outloud (Jon's Demo)
5. Apology (Ken's Demo)
6. I May Hate You Sometimes (1988-12-08)
7. Keep Me Guessing (Studio Outtake)
8. Diary Of An Insecure Girl (Ken's Demo)
9. Now They Want Your Head (Jon's Demo)
10. What Am I Supposed To Do (Studio Outtake)
11. Any Other Way (Demo)
12. Suddenly Mary (Demo)
13. Apology (Jon's Demo)
14. Beck's Bolero (Jeff Beck Cover) (Studio Outtake)
15. 21 (Studio Outtake)
16. This One's Taken (Studio Outtake)
17. Magnifying Mirror (Studio Outtake)
18. Ramblin' Rose (1991-08-25)
19. Spite And Malice (Intro Vocals A Cappella)

CD 2:
1. Flood Of Sunshine (1992-05-16)
2. Dream All Day (Jon's Demo)
3. Will You Ever Ease Your Mind? (Jon's Demo)
4. Ever Since I Was Alone (Ken's Demo)
5. Going Going Gone (Jon's Demo)
6. Forrest Recovery (Ken's Demo)
7. Sullen Waistcoat (Definite Door - Jon's Demo)
8. Depression Child (Jon's Demo)
9. Solar Sister (Ken's Demo)
10. Finally See It Right (Jon's Demo)
11. Earlier Than Expected (Ken's Demo)
12. Ladies And Gentlemen (Jon's Demo)
13. When Mute Tongues Can Speak (Ken's Demo)
14. Lights Out (Jon's Demo)
15. How She Lied By Living (Ken's Demo)
16. Fete Le Muzz (Studio Outtake)
17. Velvet Monkey Theme (Studio Outtake)

CD 3:
1. Trace My Falls (Ken's Demo)
2. Burn & Shine (French Radio 1993)
3. Dreaming (Dutch Radio 1993-11-01)
4. Wiggly World (Studio Outtake)
5. Come Along And Dance (Ken's Demo)
6. Revelation To Follow (Ken's Demo)
7. Daily Mutilation (Jon's Demo)
8. You're The Beautiful One (Ken's Demo)
9. World (Jon's Demo)
10. Pay You Back In Time (Ken's Demo)
11. Throwaway (Jon's Demo)
12. Sad To Be Aware (Jon's Demo)
13. Somehow Everything (Jon's Demo)
14. Everybody Is A Fucking Liar (Ken's Demo)
15. Fight It (If You Want) (Jon's Demo)
16. Oh Michael (Ken's Demo)

CD 4:
1. Hate Song (Jon's Demo)
2. Broken Record (Jon's Demo)
3. Terrorized (Non-US Album Track)
4. The Star Spangled Banner (Kingdome, 1995)
5. Surrender (Studio Outtake)
6. What's Going Ahn (Studio Outtake)
7. Grant Hart (Swedish Radio, 1996)
8. Ontario (1997-04-05)
9. Oceanic Exploration (Recorded For "Bill Nye, The Science Guy"-US TV)
10. Start A Life (1998-08-12)
11. Flavor Of The Month (1998-02-13)
12. Solar Sister (1998-09-18)
13. Golden Blunders (Muzak Version)
14. Suddenly Mary (Muzak Version)


O álbum ao vivo In Case You Didn't Feel Like Plugging In teve uma recepção tão boa que o Posies decidiu retornar a estrada para mais uma grande turnê nos EUA, Europa e Japão. Após retornarem da turnê, em 2001, a banda lança um EP chamado Nice Cheekbones And A Ph.D. novamente pela Houston Party Records.


The Posies - Nice Cheekbones And A Ph.D. (EP) (2001)
1. Matinée
2. Chainsmoking In The U.S.A.
3. With Those Eyes
4. No Consolation
5. My Friend


Na turnê de divulgação do EP, a banda decidiu misturar músicas solo e músicas dos Posies nos shows.

Após tocar bateria na banda solo de Jon Auer, o baterista Darius Minwalla entra na banda como baterista no lugar de Brian Young e no verão de 2001 Matt Harris substitui Joe Howard no baixo. A banda fez mais uma turnê nos EUA naquele verão e durante dois anos passou a fazer shows esporádicos. Apesar dos integrantes demonstrarem vontade de compor novo material, novas músicas só passaram a ser feitas e apresentadas ao vivo em 2004. Eles escreveram e gravaram as músicas de Every Kind Of Light rapidamente e o álbum foi lançado em Junho de 2005 pela Rykodisc.


The Posies - Every Kind Of Light (2005)
1. It's Great To Be Here Again!
2. Conversations
3. All In A Day's Work
4. I Guess You're Right
5. Anything And Everything
6. Second Time Around
7. Last Crawl
8. Could He Treat You Better?
9. Love Comes
10. I Finally Found A Jungle I Like!!!
11. That Don't Fly
12. Sweethearts Of Rodeo Drive


O álbum gerou os singles Conversations e Second Time Around, fazendo com que o álbum ganhe muito prestígio e sendo um grande álbum que a banda lança desde Success de 1998. Outras duas músicas do álbum, Love Comes e I Guess You're Right foram incluídas como amostras de música no lançamento do Windows Vista, sistema operacional da Microsoft. Uma turnê nos EUA e Europa durou até o final de 2005, e uma breve turnê japonesa foi feita no verão de 2006. Em 2008 Jon Auer e Ken Stringfellow fazem uma turnê de 20 anos de aniversário, tocando muitos shows como uma dupla nos EUA e Europa.

Logo após as turnês, em 2010 a banda anuncia seus planos de gravar mais um álbum de estúdio na Espanha. Sendo gravado e mixado em terras espanholas, passando por Seattle, Equador, Canadá, Paris e Los Angeles, o álbum Blood/Candy é lançado em Setembro de 2010.


The Posies - Blood/Candy (2010)
1. Plastic Paperbacks (Feat. Hugh Cornwell)
2. The Glitter Prize (Feat. Kay Hanley)
3. Licenses To Hide (Feat. Lisa Lobsinger)
4. So Caroline
5. Take Care Of Yourself
6. Cleopatra Street
7. For The Ashes
8. Accidental Architeture
9. She's Coming Down Again!
10. Notion 99
11. Holiday Hours
12. Enewetak (Feat. Paco Loco)

3 comentários:

  1. THANK YOU VERY MUCH. I LOVE THIS BAND. THIS BLOG IS THE NUMBER ONE INSIDE OF GRUNGE. CONGRATULATIONS MAN!!!!

    ResponderExcluir
  2. Sou muito fã de The Posies. Muito obrigado por trazer tantas informações sobre a história da banda!!!

    ResponderExcluir