sexta-feira, 24 de maio de 2013

(Prove a lama feita de mel agora, de graça!) Mudhoney.


O Mudhoney é uma banda grunge, e uma das mais conhecidas do gênero entre os fãs. A banda surgiu em 1988 em Seattle, Washington, e foi formada pelo vocalista/guitarrista Mark Arm e pelo guitarrista Steve Turner. Seus lançamentos pelo selo Sub Pop se mostraram bastante influentes para a cena de Seattle, ajudando mais que os outros lançamentos da época para inspirar o som sujo e altamente distorcido que mais tarde ficou conhecido como "grunge", e apesar de ser uma das bandas menos famosas da cena, é inquestionável que a banda inspirou diversos outros grupos grunge e rock alternativo.

Mark Arm, de Bellevue, já era integrante de outras bandas antes (Como o Mr. Epp And The Calculations e o Green River, cuja essa última contendo integrantes do futuro Pearl Jam). Ele formou o Mudhoney em 1988, logo após o fim do Green River, junto com Steve Turner (Que é um dos seus amigos mais próximos). Turner desejava formar uma banda com integrantes já ensaiados com bandas anteriores, portanto, ele e Arm recrutaram o ex-baterista do Bundle Of Hiss, Dan Peters, e decidiram também chamar o baixista Matt Lukin, que naquela época, havia deixado o Melvins, sua antiga banda. Eles se nomearam Mudhoney, mesmo nome de um filme de Russ Meyer.

Com a banda já completa, a banda grava seu primeiro EP, Superfuzz Bigmuff, no mesmo ano de 1988, e lança pelo selo Sub Pop.


Mudhoney - Superfuzz Bigmuff (EP) (1988)
1. Need
2. Chain That Door
3. Mudride
4. No One Has
5. If I Think
6. In 'N' Out Of Grace


Graças a esse EP e mais o single Touch Me I'm Sick, a banda ganhou um sucesso moderado no underground norte-americano, fazendo do Mudhoney a banda emblemática da Sub Pop, e isso acarretou com diversas turnês norte-americanas e turnês européias junto do Sonic Youth (Que por um acaso, eram fãs do Green River). Mais tarde, a Tupelo Recording Company em conjunto com a Sub Pop, lançou outro EP chamado Boiled Beef & Rotting Teeth em 1989. Naquele mesmo ano de 89, a banda lança seu primeiro álbum, ainda pela Sub Pop, chamado simplesmente de Mudhoney.


Mudhoney - Boiled Beef & Rotting Teeth (EP) (1989)
1. Hate The Police
2. Touch Me I'm Sick
3. Sweet Young Thing Ain't Sweet No More
4. You Got It (Keep It Outta My Face)
5. Burn It Clean



Mudhoney - Mudhoney (1989)
1. This Gift
2. Flat Out Fucked
3. Get Into Yours
4. You Got It
5. Magnolia Caboose Babyshit
6. Come To Mind
7. Here Comes Sickness
8. Running Loaded
9. The Farther I Go
10. By Her Own Hand
11. When Tomorrow Hits
12. Dead Love


O álbum Mudhoney ganhou bastante sucesso no circuito underground, e graças a isso, a banda conseguiu emplacar dois singles no underground: This Gift e Here Comes Sickness (Ambos contendo vídeo-clipes). Mais tarde, o EP Superfuzz Bigmuff foi relançado pela Sub Pop em 1990 como uma coletânea (contendo outras músicas) chamado de Superfuzz Bigmuff Plus Early Singles.


Mudhoney - Superfuzz Bigmuff Plus Early Singles (1990)
1. Touch Me I'm Sick
2. Sweet Young Thing Ain't Sweet No More
3. Hate The Police (The Dicks Cover)
4. Burn It Clean
5. You Got It (Keep It Outta My Face)
6. Halloween
7. No One Has
8. If I Think
9. In 'N' Out Of Grace
10. Need
11. Chain That Door
12. Mudride


Apesar do Mudhoney estar conseguindo cada vez mais sucesso lado a lado com outras bandas da cena no circuito independente, sua gravadora, a Sub Pop, não estava conseguindo muito dinheiro na época, o que atrasou o lançamento do próximo disco do Mudhoney. Enquanto isso, a banda saiu em turnê na Austrália depois de participar de um concerto junto do TAD e do Nirvana no festival Ultra Lame Fest da Sub Pop. Por um breve momento, o baterista Dan Peters tocou em um concerto com o Nirvana, mas Kurt Cobain (vocal/guitarrista) e Krist Novoselic (baixista), que haviam perdido seu baterista Chad Channing na época, não queriam o fim do Mudhoney, e optaram por Dave Grohl, dando a possibilidade para Peters voltar ao Mudhoney. Em 1990, optando por trabalhar com o produtor Conrad Uno (Fundador da PopLlama Records) em vez de Jack Endino (Que produziu os lançamentos anteriores), a banda gravou seu segundo álbum de estúdio, Every Good Boy Deserves Fudge, mas o álbum só foi lançado em 1991, devido ao fato da Sub Pop estar passando por problemas financeiros.


Mudhoney - Every Good Boy Deserves Fudge (1991)
1. Generation Genocide
2. Let It Slide
3. Good Enough
4. Something So Clear
5. Thorn
6. Into The Drink
7. Broken Hands
8. Who You Drivin' Now
9. Move Out
10. Shoot The Moon
11. Fuzzgun '91
12. Pokin' Around
13. Don't Fade IV
14. Check-Out Time


Durante essa época, o Mudhoney experimentava aos poucos o gosto de um sucesso maior, emplacando músicas como Into The Drink e Let It Slide em formato de singles. E graças a isso, a banda conseguiu um contrato com uma grande gravadora, a Reprise Records, subsidiária da Warner Bros. em 1992. Naquele mesmo ano a banda lançou seu terceiro álbum de estúdio, Piece Of Cake, ainda com Conrad Uno na produção.


Mudhoney - Piece Of Cake (1992)
1. [Untitled 1]
2. No End In Sight
3. Make It Now
4. When In Rome
5. [Untitled 5]
6. Suck You Dry
7. Blinding Sun
8. Thirteenth Floor Opening
9. Youth Body Expression Explosion
10. I'm Spun
11. [Untitled 11]
12. Take Me There
13. Living Wreck
14. Let Me Let You Down
15. [Untitled 15]
16. Ritzville
17. Acetone


Apesar de Piece Of Cake mostrar que a banda não seria manipulada pelas grandes gravadoras e de ter sido lançado no auge do grunge, a banda não conseguiu muitos feitos com o álbum, principalmente devido ao fato do quarteto ter alienado muitos fãs antigos por causa de sua presença na Reprise e dos fãs das outras bandas da cena (Nirvana, Pearl Jam, Soundgarden, etc.) acharem o Mudhoney um tanto quanto excêntrico. Mas mesmo assim, a banda lançou dois singles do álbum: Suck You Dry (Considerada um dos grandes clássicos da banda) e Blinding Sun. Apesar disso, as vendas de Piece Of Cake foram desapontadoras, mas a banda prosseguiu mesmo assim com as turnês. Para promover a mesma turnê, a banda lançou um EP promocional ao vivo em 1993 simplesmente chamado de On Tour Now.


Mudhoney - On Tour Now (Live Promo EP) (1993)
1. Suck You Dry
2. Make It Now
3. Fashion Forecast
4. Dead Love
5. No End In Sight
6. You Got It
7. Stupid Asshole (Angry Samoans Cover)
8. The Money Will Roll Right In (Fang Cover)


Naquele mesmo ano de 1993 a banda lança seu terceiro EP, dessa vez pela Reprise, chamado de Five Dollar Bob's Mock Cooter Stew.


Mudhoney - Five Dollar Bob's Mock Cooter Stew (EP) (1993)
1. In The Blood
2. No Song III
3. Between Me & You Kid
4. Six Two One
5. Make It Now Again
6. Deception Pass
7. Underide

Pegue aqui!

Para promover ambos os CD's, a banda fez extensivas turnês na Europa e América do Norte, e diversas bandas já acompanharam o quarteto (Como Flop, The Gits, Seaweed, Boghandle, Superchunk, The Supersuckers, Tumbleweed, dentre outros). A banda também participou do Reading Festival daquele ano de 1992, junto de bandas como Screaming Trees, Smashing Pumpkins, Nirvana, Rollins Band, Melvins, Urge Overkill, dentre outros. Outra turnê em 1993 na Austrália contou com a lenda Iggy Pop, além de outras bandas da cena australiana como Beasts Of Bourbon, You Am I, dentre outros. Em 1994 a banda decidiu acompanhar o Pearl Jam em algumas datas.

Logo chega 1995, e a banda volta a trabalhar com Jack Endino em seu quarto álbum, My Brother The Cow, que foi lançado naquele mesmo ano.


Mudhoney - My Brother The Cow (1995)
1. Judgement, Rage, Retribution And Thyme
2. Generation Spokesmodel
3. What Moves The Heart?
4. Today, Is A Good Day
5. Into Yer Shtik
6. In My Finest Suit
7. F.D.K. (Fearless Doctor Killers)
8. Orange Ball-Peen Hammer
9. Crankcase Blues
10. Execution Style
11. Dissolve
12. 1995
13. woC eht rehtorB yM


O álbum possui várias referências a bandas clássicas que influenciaram e muito o som da banda. Por exemplo, a música F.D.K. (Fearless Doctor Killers) é uma referência a uma música do Bad Brains intitulada "F.V.K. (Fearless Vampire Killers)". Já a música Orange Ball-Peen Hammer é uma referência a música "Orange Claw Hammer" do Captain Beefheart (contendo também pedaços de letras do Led Zeppelin) e a música 1995 é uma referência a "1969" dos Stooges, contendo também referências musicais a outra música do grupo de Iggy Pop, "L.A. Blues".

Em My Brother The Cow, a banda decidiu fazer uma fusão de seu som antigo com o seu som mais recente, e graças a isso a banda recebeu melhores críticas dos americanos, mas devido ao suicídio de Kurt Cobain (Nirvana) em Abril de 1994, a imprensa britânica passou a criticar fervorosamente a banda por isso, mas isso não impediu de My Brother The Cow ser bem melhor sucedido que Piece Of Cake. O álbum gerou três singles das músicas Into Yer Shtik, Generation Spokesmodel e Judgement, Rage, Retribution And Thyme. Para promover o álbum, a banda acompanhou o Pearl Jam, além de ter feito sua própria turnê com diversas bandas os acompanhando, desde o Clawhammer até mesmo em um show no Dallas, Texas, contendo o Filter como banda de abertura, além de ter participado de diversos festivais, incluindo a edição daquele ano do Reading Festival, que também contou com a participação do Soundgarden, do L7 e do Foo Fighters. A banda prosseguiu com a turnê em 1996, e naquele mesmo ano, a banda apareceu no filme de comédia "A Ovelha Negra", onde a mesma é mostrada tocando em um show na MTV. Porém, em 1997, os integrantes resolveram se focar em outros projetos, fazendo poucos shows naquela época (Sendo um deles no final do ano, onde a banda comemorou seu 10° aniversário).

A banda só retornou em 1998 para gravar o quinto álbum da banda com o clássico produtor Jim Dickinson. Logo Tomorrow Hit Today foi lançado naquele mesmo ano.


Mudhoney - Tomorrow Hit Today (1998)
1. A Thousand Forms Of Mind
2. I Have To Laugh
3. Oblivion
4. Try To Be Kind
5. Poisoned Water
6. Real Low Vibe
7. This Is The Life
8. Night Of The Hunted
9. Move With The Wind
10. Ghost
11. I Will Fight No More Forever
12. Beneath The Valley Of The Underdog


Apesar da banda manter o seu som grunge no álbum, muitas doses de blues rock, garage e punk rock foram aplicadas no som, graças a influencia do produtor Jim Dickinson. Considerado um dos melhores álbuns da banda pela crítica, Tomorrow Hit Today, porém, não vendeu muito e só um single foi lançado, da música Night Of The Hunted. O grupo novamente voltou as turnês, mas devido a insatisfação em fazer shows e mais shows, o baixista Matt Lukin saiu da banda. Além disso, a Reprise decidiu encerrar o contrato com o Mudhoney, fazendo com que a mesma voltasse ao circuito independente (No caso, de volta a Sub Pop).

Marcando o retorno da banda a Sub Pop, a banda lança sua segunda e terceira coletâneas (A primeira foi Superfuzz Bigmuff Plus Early Singles), uma chamada March To Fuzz (Uma coletânea dupla contendo hits em um CD e raridades no outro) e outra chamada Here Comes Sickness: The Best Of The BBC Recordings (Contendo as melhores apresentações da banda ao vivo nas sessões do programa de John Peel da BBC), ambos em 2000.


Mudhoney - March To Fuzz (2000)
CD 1:
1. In 'N' Out Of Grace
2. Suck You Dry
3. I Have To Laugh
4. Sweet Young Thing Ain't Sweet No More
5. Who You Drivin' Now
6. You Got It
7. Judgement, Rage, Rretribution And Thyme
8. Into The Drink
9. A Thousand Forms Of Mind
10. Generation Genocide
11. If I Think
12. Here Comes Sickness
13. Let It Slide
14. Touch Me I'm Sick
15. This Gift
16. Good Enough
17. Blinding Sun
18. Into Yer Shtik
19. Beneath The Valley Of The Underdog
20. When Tomorrow Hits
21. Make It Now Again
22. Hate The Police (The Dicks Cover)

CD 2:
1. Hey Sailor
2. Twenty Four
3. Baby Help Me Forget (Mr. Epp And The Calculations Cover)
4. Revolution (Spacemen 3 Cover)
5. You Stupid Asshole (Angry Samoans Cover)
6. Who Is Who (The Adolescents Cover)
7. Stay Your Back (The Damned Cover)
8. Pump It Up (Elvis Costello Cover)
9. The Money Will Roll Right In (Fang Cover)
10. Fix Me (Black Flag Cover)
11. Dehumanized (Void Cover)
12. She's Just 15 (Billy Childish Cover)
13. Baby O Baby (Suicide Cover)
14. Over The Top (Motörhead)
15. You Give Me The Creeps (The Crucifucks)
16. March To Fuzz
17. Ounce Of Deception
18. Paperback Life
19. Bushpusher Man
20. Fuzzbeater
21. Overblown
22. Run Shithead Run
23. King Sandbox
24. Tonight I Think I'm Gonna Go Downtown (Jimmie Dale Gilmore Cover)
25. Holden (Jimmie Dale Gilmore Cover)
26. Not Going Down That Road Again
27. Brand New Face
28. Drinking For Two
29. Butterfly Stroke
30. Editions Of You (Roxy Music Cover)



Mudhoney - Here Comes Sickness: The Best Of The BBC Recordings (2000)
1. Here Comes Sickness
2. If I Think
3. By Her Own Hand
4. You Make Me Die
5. Judgement, Rage, Retribution And Thyme
6. Dissolve
7. Poisoned Water Poisons The Mind
8. Editions Of You
9. Suck You Dry
10. You Got It (Keep It Outta My Face)
11. What Moves The Heart
12. In My Finest Suit
13. Judgement, Rage, Retribution And Thyme
14. This Gift
15. Into Your Shtik
16. Touch Me I'm Sick
17. Fuzzgun '91
18. Poisoned Water Poisons The Mind
19. When Tomorrow Hits
20. 1995
21. Hate The Police (The Dicks Cover)

Pegue aqui!

Em 2001 a banda decidiu fazer uma turnê no Brasil com o baixista Steve Duckich (Ex-Steel Wool) os acompanhando temporariamente. A banda fez shows junto de várias bandas brasileiras como MQN e Autoramas, dentre outras. Após esses shows, a banda retornou aos EUA para mais alguns shows no noroeste pacífico, e como Duckich saiu da banda (Ele estava como baixista temporário) a banda decidiu prosseguir com a carreira e chamou o australiano Guy Maddison (Que tocou com Arm no Bloodloss e também tocou no Lubricated Goat) para ficar como baixista permanente no Mudhoney, Maddison aceitou a proposta e em 2002, ainda na Sub Pop, a banda grava seu primeiro álbum com Maddison, com Scott Colbrum na produção. Com o nome de Since We've Become Translucent, o álbum é lançado pela Sub Pop naquele mesmo ano de 2002.


Mudhoney - Since We've Become Translucent (2002)
1. Baby, Can You Dig The Light
2. The Straight Life
3. Where The Flavor Is
4. In The Winner's Circle
5. Our Time Is Now
6. Dyin' For It
7. Inside Job
8. Take It Like A Man
9. Crooked And Wide
10. Sonic Infusion


O álbum se distancia e muito dos anteriores, vito que a banda descartou boa parte de sua influencia do garage rock, para experimentar, ironicamente, com um tipo de rock mais acessível, porém, na faixa Baby, Can You Dig The Light, a banda experimenta com elementos eletrônicos e psicodélicos. O álbum gerou um single apenas (Da música Sonic Infusion) e apesar das boas resenhas, o álbum só se deu bem apenas nos circuitos alternativos. A banda começou uma nova turnê naquele mesmo ano de 2002 junto de diversas bandas, como The Shins, Pretty Girls Make Graves, Sonic Youth, The Catheters, dentre outros, além de um show junto do Pearl Jam. Entre 2003 e 2005, a banda se foca no próximo álbum enquanto prossegue com os shows. Trabalhando com três produtores diferentes (Phil Ek, Johnny Sangster e Tucker Martine), o álbum Under A Billion Suns só é lançado em 2006. Além disso, a Reprise decidiu relançar dois álbuns do Mudhoney com faixas bônus em 2003: Piece Of Cake (Esse, junto com o EP Five Dollar Bob's Mock Cooter Stew) e My Brother The Cow.


Mudhoney - Piece Of Cake (Remastered) (2003)
1. [Untitled 1]
2. No End In Sight
3. Make It Now 
4. When In Rome 
5. [Untitled 5]
6. Suck You Dry
7. Blinding Sun
8. Thirteenth Floor Opening
9. Youth Body Expression Explosion
10. I'm Spun
11. [Untitled 11]
12. Take Me There
13. Living Wreck
14. Let Me Let You Down
15. [Untitled 15]
16. Ritzville
17. Acetone
18. Over The Top
19. King Sandbox
20. Baby O Baby
21. In The Blood
22. No Song III
23. Between Me & You Kid
24. Six Two One
25. Make It Now Again
26. Deception Pass
27. Underide



Mudhoney - My Brother The Cow (Remastered) (2003)
1. Judgement, Rage, Retribution And Thyme
2. Generation Spokesmodel
3. What Moves The Heart
4. Today, Is A Good Day
5. Into Yer Shtik
6. In My Finest Suit
7. F.D.K. (Fearless Doctor Killers)
8. Orange Ball-Peen Hammer
9. Crankcase Blues
10. Execution Style
11. Dissolve
12. 1995
13. Mudhoney Funky Butt
14. West Seattle Hardcore
15. Sissy Bar
16. Carjack '94
17. Sailor
18. Small Animals
19. Not Goin' Down That Road Again



Mudhoney - Under A Billion Suns (2006)
1. Where Is The Future?
2. It Is Us
3. I Saw The Light
4. Endless Yesterday
5. Empty Shells
6. Hard-On For War
7. Brief Celebration Of Indifference
8. Let's Drop In
9. On The Move
10. In Search Of...
11. Blindspots

Pegue aqui!

Under A Billion Suns ainda se mantem distante do som grunge antigo da banda, assim como foi com Since We've Become Translucent, ainda perdurando pelo lado comercial, usando trompetes, saxofones e até mesmo backing-vocals femininas. A crítica considerou Under A Billion Suns um álbum com cunho mais social e político do que os anteriores, mas mesmo assim, foi bem-recebido, mas mesmo com um single lançado da música It Is Us, o álbum ganhou sucesso restrito apenas nos circuitos underground/alternativo. O álbum contém uma música chamada Hard-On For War, que foi gravada pela primeira vez em 2003 para uma coletânea, e ela foi regravada para esse álbum. A banda começou a divulgar o álbum numa turnê norte-americana que se estendeu até terras europeias. A banda também ajudou a organizar o festival britânico All Tomorrow's Parties naquele mesmo ano.

Em 2007 a banda passou novamente por terras brasileiras, e logo em seguida fez uma turnê britânica curta. Em Novembro, a banda lança seu primeiro álbum ao vivo, chamado apenas de Live Mud.


Mudhoney - Live Mud (2007)
1. Mudride
2. The Straight Life
3. I Saw The Light
4. No One Has
5. Our Time Is Now
6. Touch Me I'm Sick
7. On The Move
8. Suck You Dry
9. Hard-On For War
10. In & Out Of Grace
11. Hate The Police (The Dicks Cover)


Logo 2008 chega, e a banda se preparou para gravar seu próximo álbum de estúdio junto com o produtor Tucker Martine. Chamado de The Lucky Ones, o álbum foi lançado em Maio daquele mesmo ano pela Sub Pop, que ao mesmo tempo relançou o primeiro EP da banda, Superfuzz Bigmuff, numa manobra semelhante aos relançamentos de Piece Of Cake e My Brother The Cow, relançados pela Reprise. No EP, muito material extra foi adicionado, como singles, demos e até mesmo dois shows da banda em 1988: Um em Berlim, Alemanha (Faixas 1-9), e outro numa rádio de Santa Barbara, Califórnia (Faixas 10-15).


Mudhoney - The Lucky Ones (2008)
1. I'm Now
2. Inside Out Over You
3. The Lucky Ones
4. Next Time
5. And The Shimmering Light
6. The Open Mind
7. What's This Thing?
8. Running Out
9. Tales Of Terror
10. We Are Rising
11. New Meaning



Mudhoney - Superfuzz Bigmuff (Deluxe Edition) (2008)
CD 1:
1. Touch Me I'm Sick
2. Sweet Young Thing Ain't Sweet No More
3. Twenty Four
4. Need
5. Chain That Door
6. Mudride
7. No One Has
8. If I Think
9. In 'N' Out Of Grace
10. The Rose (Amanda McBroom Cover)
11. Hate The Police (The Dicks Cover)
12. You Got It (Keep It Outta My Face)
13. Burn It Clean
14. Halloween (Sonic Youth Cover)
15. Need (Demo)
16. Mudride (Demo)
17. In 'N' Out Of Grace (Demo)

CD 2:
1. No One Has
2. Sweet Young Thing Ain't Sweet No More
3. Need
4. Chain That Door
5. If I Think
6. Mudride
7. Here Comes The Sickness
8. Touch Me I'm Sick
9. In 'N' Out Of Grace
10. Mudride
11. Here Comes The Sickness
12. No One Has
13. By Her Own Hand
14. Touch Me I'm Sick
15. Dead Love


O novo álbum The Lucky Ones é considerado o mais rápido e curto da banda e infelizmente não gerou nenhum single, porém, marca o retorno da banda as suas raízes do grunge. Uma das faixas do álbum, Tales Of Terror, é intitulada assim em homenagem a uma banda hardcore punk de Sacramento de mesmo nome da música, que serviu de muita influencia não só para o Mudhoney, mas para a cena grunge do underground oitentista da época. A turnê de divulgação do álbum começou no noroeste dos EUA, passando por Canadá e até mesmo passando pelo Brasil pela terceira vez (Chegando a fazer até uma famosa participação no programa do Jô Soáres, da TV Globo e até mesmo da festa de 10 anos da gravadora independente Monstro Discos, de Goiânia), além de uma passagem na Argentina. Em 2009, a banda faz uma turnê no Japão e na Europa, com mais datas adicionais nos EUA, chegando a tocar até mesmo em Tel Aviv, Israel. Além disso, a banda participa de mais uma edição do All Tomorrow's Parties em 2010 (Dessa vez, em Nova York) tocando apenas o EP Superfuzz Bigmuff por inteiro e na Virada Cultural Paulista a banda também marcou presença.

A banda prosseguiu com os shows em 2010 e 2011. Naquele mesmo ano de 2011, a banda lança pelo selo Sub Pop uma coletânea em LP contendo demos e músicas nunca antes lançadas da era Piece Of Cake chamado de Head On The Curb.


Mudhoney - Head On The Curb (2011)
1. Ritzville
2. I Want To Live
3. King Sandbox
4. 13th Floor Opening
5. Living Wreck
6. Acetone
7. No End In Sight
8. Underide
9. Fun And Games
10. Confusion
11. When In Rome
12. I Hate The Bloody Queen (The Queen Haters Cover)


Em 2011, a banda também fez uma parceira com Kim Salmon, um dos fundadores do grupo australiano The Scientists (Que fazia um som que precedia o de qualquer banda grunge de Seattle) e lançou o mini-álbum Until... em 2011 pelo selo Bang! (Nota do autor: Until... foi gravado em 1995, mas só foi remasterizado e lançado em 2011.)


Mudhoney (Feat. Kim Salmon) - Until... (2011)
1. I'll Be Around
2. Coming Back
3. You're So Bad
4. I Wanna Be Everything
5. License
6. The Goose
7. Max Weinberg


Naquele mesmo ano de 2011 a banda foi convidada pelo Pearl Jam para abrir os shows da turnê de 20 anos da banda de Eddie Vedder e cia. Além disso, em 2012 a banda foi escolhida pelos Mogwai para outra edição do festival All Tomorrow's Parties em Londres.

E o ano atual, 2013, chega, e em Abril desse mesmo ano a banda lançou seu mais recente álbum, Vanishing Point (Novamente pela Sub Pop) junto do vídeo-clipe de I Like It Small. Hoje em dia a banda tá prosseguindo com a turnê de divulgação do novo álbum.


Mudhoney - Vanishing Point (2013)
1. Slipping Away
2. I Like It Small
3. What To Do With The Neutral
4. Chardonnay
5. The Final Course
6. In This Rubber Tomb
7. I Don't Remember You
8. The Only Son Of The Widow Of Nain
9. Sing This Song Of Joy
10. Douchebags On Parade

2 comentários: