sábado, 14 de setembro de 2013

(Alguém fez xixi... Que cheiro de amônia!!!) Ammonia.


Essa banda se chama Ammonia. A banda foi formada em 1992 na cidade de Perth, Austrália e sua formação mais famosa contava com o vocalista e guitarrista Dave Johnstone, o baterista Alan Balmont, o baixista Simon Hensworth e o guitarrista/tecladista Phil Natt. Os caras ganharam muita fama em seu país nos anos 90, principalmente pela mistura musical de grunge e pop rock.

Tudo começou em 1992, quando Dave Johnstone e Alan Balmont formaram o Fuzzswirl, tocando em diversos bares pela cidade de Perth. Logo, em 1993 Simon Hensworth se junta a banda como baixista e a mesma planejava trocar de nome para "Glorious Noise Earthquake", mas optaram por "Ammonia" após Hensworth achar o nome em um livro de ciências.

O trio grava algumas músicas demos e logo a reputação da mesma cresce ainda mais. O trio logo começa novas turnês por cidades maiores, como Sydney. E graças a isso, o Ammonia chamou a atenção da Murmur Records, uma nova subsidiária da Sony. Eles assinam contrato com a nova gravadora e logo partem pro Festival Studios, em Sydney, para produzir Mint 400 com Kevin Shirley (Que produziu discos do Iron Maiden, Slayer e Led Zeppelin). O álbum foi lançado em Outubro de 1995 pela Murmur.


Ammonia - Mint 400 (1995)
1. Ken Carter
2. Drugs
3. Sleepwalking
4. Face Down
5. In A Box
6. Suzi Q
7. Little Death
8. Mint 400
9. Burning Plant Smell
10. Z-Man
11. Million Dollar Man
12. Lucky No. 3


O álbum foi um sucesso instantâneo na Austrália, ficando no n° 15 das paradas australianas, graças a seu principal single, Drugs (Que também ganhou um vídeo clipe). Outros singles também foram lançados, das músicas Ken Carter e Suzi Q. O sucesso do álbum resultou na banda se unindo ao famoso festival Big Day Out nas edições de 1995 e 1996. Isso também chamou a atenção da Epic Records, que relançou Mint 400 nos EUA em 1996 e pôs o vídeo clipe de Drugs na programação da MTV. A música foi o único single lançado nos EUA, ficando na posição n° 29 das paradas da Billboard. Isso deu possibilidades de uma turnê em terras norte-americanas.

Logo a banda retorna para a Austrália e grava um novo single, chamado de Satin Only. Porém, o single foi totalmente ignorado pela crítica e público. O trio logo opta por trabalhar no segundo álbum em Nova York com o produtor Dave Fridmann (Que produziu discos do Flaming Lips e do Mercury Rev). Logo Eleventh Avenue foi lançado em Maio de 1998 pela Murmur.




Ammonia - Eleventh Avenue (1998)
1. Eleventh Avenue
2. You're Not The Only One Who Feels This Way
3. Keep On My Side
4. Monochrome
5. Killswitch
6. Baby Blue
7. Wishing Chair
8. Keep My Hands Tied
9. 4711
10. Yeah, Doin' It
11. Afterglow
12. Pipe Dream/Satin Only


A sonoridade de Eleventh Avenue se distancia e muito de Mint 400, muito pelo fato da banda ter largado de vez boa parte do som sujo e grunge de antes para incluir harmonias, samplers e teclados psicodélicos. Além de Satin Only (Que ficou como uma faixa escondida desse álbum), outros três singles foram lançados: You're Not The Only One Who Feels This Way, Monochrome e Keep On My Side. Após o término do CD, a banda ficou impossibilitada de tocar essas músicas ao vivo, portanto, decidiu procurar por um quarto integrante. Alguns shows foram feitos com Paul Dempsey (Líder do Something For Kate) mas logo a banda decidiu contratar Phil Natt (Que tocou com Johnstone e cia. numa antiga formação do Fuzzswirl) como guitarrista, tecladista e backing-vocal. Apesar dos singles terem alcançado certo sucesso, Eleventh Avenue não obteve a mesma recepção e fracassou.

Devido as constantes turnês da banda, brigas entre eles criaram um ponto de ruptura e no fim de 1998, os caras anunciaram que o Ammonia iria se separar após uma turnê de despedida, que incluiu shows em festivais como o Homebake, o The Falls e o Big Day Out. Após os shows, a banda se separa para formar novos projetos. O vocalista/guitarrista Dave Johnstone e o guitarrista/tecladista/backing-vocal Phil Natt formaram o The Peaks, que lançaram um álbum em 2004 chamado de "Avoca". Johnstone mais tarde, em 2007, formaria o Lazybirds. O baixista Simon Hensworth se juntou ao Potato Stars em 2001, tocando até hoje na banda. O baterista Alan Balmont se tornou empresário de turnê do The Living End e tocou bateria no álbum debut do artista solo Bob Evans, chamado de "Suburban Kid".

Nenhum comentário:

Postar um comentário