sexta-feira, 13 de setembro de 2013

(Favor, Sra. Dinossauro, buscar seu filho aqui no caixa 02. Sra. Dinossauro no caixa 02.) Dinosaur Jr.


Esse power-trio de Amherst, Massachusetts, se chama Dinosaur Jr. Essa banda é considerada uma das precursoras do rock alternativo dos anos 90, sendo extremamente influente naquela época. A banda foi fundada em 1984 pelo vocalista/guitarrista J Mascis, e hoje conta com Lou Barlow no baixo e Murph (Emmett Jefferson Murphy III) na bateria. A banda lançou diversos álbuns, e fez uma grande história no circuito alternativo dos anos 80/90.

Em 1982, J Mascis e Lou Barlow tocavam bateria e guitarra (respectivamente) numa banda de hardcore punk chamada Deep Wound, enquanto estavam no colégio. Logo depois de terminarem o ensino médio, Mascis e Barlow começaram a explorar influencias musicais mais lentas, vindas de bandas como Black Sabbath, Replacements e Neil Young, além de serem introduzidos a músicas psicodélicas de bandas como Dream Syndicate. Naquele ano de 1984, o Deep Wound decidiu se separar, possibilitando que Mascis e Barlow começassem um novo projeto.

Um amigo (Gerard Cosloy) tinha formado a gravadora Homestead Records, e prometeu a Mascis e Barlow que se eles tivessem algum CD pronto, a sua gravadora o lançaria. E então, Mascis escreveu algumas músicas, mostrando-as para Barlow, que por sua vez, ficou impressionado e se ofereceu para tocar baixo no projeto. Logo, junto de Barlow entram o ex-vocalista do Deep Wound, Charlie Nakajima, e o baterista Emmett Patrick Murphy, ou "Murph". Inicialmente, a banda se chamava Mogo, fazendo seu primeiro show no campus da Universidade de Massachusetts na primeira semana de Setembro. Porém, aquele foi o único show do Mogo por causa de Nakajima, que fez uma espécie de campanha anti policial que deixou Mascis assustado, fazendo com que ele terminasse de vez com o Mogo. Porém, Mascis, Barlow e Murph se uniram para criar o Dinosaur sem contar para Nakajima.

Mascis decidiu seguir a oferta de seu amigo Cosloy e o Dinosaur produziu e gravou seu primeiro álbum por 500 dólares em um estúdio caseiro numa área rural de Northampton, Massachusetts. Cosloy cumpriu a promessa, e lançou pela Homestead em 1985 o auto intitulado álbum Dinosaur.


Dinosaur Jr. - Dinosaur (1985)
1. Forget The Swan
2. Cats In A Bowl
3. The Leper
4. Does It Float
5. Pointless
6. Repulsion
7. Gargoyle
8. Severed Lips
9. Mountain Man
10. Quest
11. Bulbs Of Passion


 As músicas do álbum são extremamente ecléticas, variando de garage rock no estilo de Crazy Horse, música gótica, heavy metal a lá Black Sabbath, folk rock e até mesmo country rock. Apesar deles combinarem todos esses estilos em um nos álbuns seguintes, em Dinosaur cada música tem seu próprio estilo, o que era considerado algo inusitado e bizarro na metade dos anos 80. A maioria das músicas foram cantadas pelo baixista Barlow, mas Mascis canta em algumas outras. O álbum só vendeu 1.500 cópias e foi praticamente ignorado pela crítica. Logo a banda parte para sua primeira turnê pelos EUA.

Em um dos shows, os Dinosaur abriram pros Sonic Youth, que na época, não ficaram tão impressionados com o som do trio, mas com o tempo, Thurston Moore e cia. se tornaram fãs dos caras. Ambas as bandas continuaram a turnê até Setembro de 1986.

Logo a banda viaja para Nova York para produzir o segundo álbum com Wharton Tiers, que produziu diversos discos do Sonic Youth. Porém, uma controvérsia afetou a banda: Eles mudaram o nome para "Dinosaur Jr" devido a um processo na justiça feito por um supergrupo chamado "The Dinosaurs". Durante as gravações do álbum, Mascis se sentiu convencido a lançá-lo pelo selo SST Records, o que deixou Gerard Cosloy puto da cara, mesmo com os pedidos para lançá-lo pela Homestead. Cosloy considerou aquilo como "traição" e que não tinha como levar aquilo pro lado pessoal. Mas isso não afetou o lançamento do álbum You're Living All Over Me. O álbum foi lançado em Dezembro de 1987 pela SST Records.


Dinosaur Jr. - You're Living All Over Me (1987)
1. Little Fury Things
2. Kracked
3. Sludgefeast
4. The Lung
5. Raisans
6. Tarpit
7. In A Jar
8. Lose
9. Poledo
10. Show Me The Way (Peter Frampton Cover)
11. Just Like Heaven (Peter Frampton Cover)


Durante as gravações desse álbum, brigas e discussões começaram a ficar cada vez mais graves entre Mascis e Murph por que o vocalista/guitarrista queria aplicar ideias específicas para as levadas de bateria. Mas mesmo assim, You're Living All Over Me recebeu muita atenção da crítica e do público, fazendo muito sucesso com o público underground. No álbum anterior, cada música era de um estilo musical, porém, nesse lançamento a banda decidiu unir todos os elementos de Dinosaur em um nas músicas. A banda logo partiu para mais uma turnê que duraria até o ano seguinte, 1988.

Logo a banda passa a ganhar fama na Europa, principalmente na Inglaterra, graças ao primeiro single do grupo, chamado de Freak Scene. A música faz parte do terceiro álbum da banda, Bug. O álbum foi produzido pelo próprio J Mascis, e foi lançado pela SST no dia das bruxas (31 de Outubro) de 1988.


Dinosaur Jr. - Bug (1988)
 1. Freak Scene
2. No Bones
3. They Always Come
4. Yeah We Know
5. Let It Ride
6. Pond Song
7. Budge
8. The Post
9. Don't
10. Keep The Glove


O álbum foi também bem recebido, assim como o anterior. Bug também segue a mesma linha de You're Living All Over Me, porém com ainda mais melodia e precisão. Apesar do crescente sucesso, as brigas entre Mascis e Barlow começaram a atrapalhar a produtividade da banda, fazendo com que o baixista fosse demitido do grupo. Ele mais tarde, formaria a conceituada banda alternativa Sebadoh. Apesar disso, Mascis e Murph decidiram continuar com os shows, dessa vez com Donna Dresch assumindo o baixo na turnê australiana. Após o lançamento de um single com o guitarrista Don Fleming e o baixista Jay Spiegel (Ambos formariam o Gumball depois) a banda assina um contrato com a Sire Records em 1990 e no ano seguinte, em Fevereiro, lançam o primeiro álbum por uma grande gravadora (Além de ser também o primeiro sem Barlow no baixo) chamado de Green Mind.


Dinosaur Jr. - Green Mind (1991)
1. The Wagon
2. Puke + Cry
3. Blowing It
4. I Live For That Look
5. Flying Cloud
6. How'd You Pin That One On Me
7. Water
8. Muck
9. Thumb
10. Green Mind
11. Hot Burrito #2
12. Turnip Farm
13. Forget It


O álbum obteve ótima recepção, porém, 90% do álbum foi praticamente gravado pelo próprio J Mascis. Murph só toca em três faixas do álbum e além disso, o mesmo contém pequenas participações de Fleming e Spiegel. A sonoridade de Green Mind se distancia um pouco do anterior, Bug, devido ao fato de Mascis escolher usar teclados e violões, criando uma aura mais "quieta" e com muitos overdubs. Para poder fazer a turnê de divulgação do álbum, Mascis e Murph inicialmente chamaram Van Conner (Que na época, tocava no Screaming Trees) mas após poucos shows, decidiram contratar outro baixista. Mike Johnson (Ex-Snakepit) se juntou ao Dinosaur Jr naquele mesmo ano de 91 para prosseguir com a turnê, que contava com bandas de suporte como Nirvana.

Logo a Sire Records decidiu lançar um EP de raridades e lados B chamado de Whatever's Cool With Me em 1991. A SST também lançou um álbum com raridades e lados B chamado de Fossils naquele mesmo ano.


Dinosaur Jr. - Whatever's Cool With Me (EP) (1991)
1. Whatever's Cool With Me
2. Sideways
3. Not You Again
4. The Little Baby
5. Pebbles + Weeds
6. Quicksand
7. Thumb (Live)
8. Keep The Glove (Live)



Dinosaur Jr. - Fossils (1991)
1. Little Fury Things
2. In A Jar
3. Show Me The Way (Peter Frampton Cover)
4. Freak Scene
5. Keep The Glove
6. Just Like Heaven (Peter Frampton Cover)
7. Throw Down
8. Chunks


Logo 1992 chega, e a banda se junta a turnê "Rollercoaster", que contava também com My Bloody Valentine, Jesus And Mary Chain e Blur. Devido a boa recepção nos shows, o trio decide compor novo material. Dessa vez, com os três integrantes compondo em conjunto, o álbum Where You Been foi lançado em Fevereiro de 1993 pela Sire.


Dinosaur Jr. - Where You Been (1993)
1. Out There
2. Start Choppin'
3. What Else Is New
4. On The Way
5. Not The Same
6. Get Me
7. Drawerings
8. Hide
9. Goin' Home
10. I Ain't Sayin'
11. Hide (John Peel Session)
12. Keeblin'
13. What Else Is New (Live)


Dois singles desse álbum fizeram muito sucesso: Out There e Start Choppin', o último por sua vez, alavancou a banda ao estrelato. Apesar da banda ter retornado ao básico power-trio de antes nas composições, o álbum ainda é um tanto quanto distante dos outros lançados pela banda nos anos 80 por ser bem acessível e melódico. Para divulgar o álbum, a banda se juntou a mais uma edição do festival Lollapalooza, chegando a tocar nos mesmos dias de Fishbone, Rage Against The Machine, Front 242, Tool, Babes In Toyland e Arrested Development. Após o festival, a banda continuou na estrada até o fim, em 1994. Após o término da turnê, o baterista Murph deixa a banda, deixando Mascis como o único membro original do grupo. Para os shows da banda, Murph foi substituído por George Herz. Mas nas gravações de estúdio, Mascis decide fazer tudo sozinho, exceto pelos takes de baixo e alguns backing-vocals. Foi assim que Without A Sound foi gravado. O álbum foi lançado em Agosto de 1994 pela Sire. Enquanto isso, a gravadora Blanco Y Negro, subsidiária da Sire, lançou uma coletânea de lados B e raridades chamada de Quest, exclusivamente na Ásia e na Oceania, também naquele mesmo ano.


Dinosaur Jr. - Quest (1994)
1. Quest
2. Hot Burrito #2
3. Turnip Farm
4. Forget It
5. Kracked (Live)
6. Keeblin'
7. Severed Lips (Mark Goodier Session)
8. Get Me (John Peel Session)
9. Thumb (Mark Goodier Session)
10. Quest (Acoustic)



Dinosaur Jr. - Without A Sound (1994)
1. Feel The Pain
2. I Don't Think So
3. Yeah Right
4. Outta Hand
5. Grab It
6. Even You
7. Mind Glow
8. Get Out Of This
9. On The Brink
10. Seemed Like The Thing To Do
11. Over Your Shoulder


Without A Sound é, sem dúvida, o álbum mais conhecido do Dinosaur Jr. Os singles Feel The Pain e I Don't Think So ajudaram o álbum a ganhar mais fama, mesmo com a recepção crítica bem mediana. A banda partiu novamente pra turnê, fazendo shows ao lado de bandas como Kyuss, Juned, Sleep, Weezer, Hole, Killing Joke e Veruca Salt.

Porém, de 1995 até 1996 a banda não fez muitos shows, optando por voltar ao estúdio para produzir o que seria o último álbum da banda lançado pela Sire. Hand It Over foi lançado em Março de 1997.


Dinosaur Jr. - Hand It Over (1997)
1. I Don't Think
2. Never Bought It
3. Nothin's Goin' On
4. I'm Insane
5. Can't We Move This
6. Alone
7. Sure Not Over You
8. Loaded
9. Mick
10. I Know Yer Insane
11. Gettin' Rough
12. Gotta Know


O álbum foi recebido de uma forma melhor que Without A Sound pelos críticos, e sua sonoridade é uma junção do experimentalismo de Green Mind com o som tradicional da banda. A turnê de divulgação do álbum durou a maior parte do ano de 1997, contando com participações nos festivais Pukkelpop e Reading. Porém, de forma inesperada, J Mascis anunciou o fim da banda naquele mesmo ano, assim como também anunciou que estava em carreira solo com sua banda "J Mascis And The Fog". A última performance do Dinosaur Jr foi no programa "The Jenny Jones Show" naquele mesmo ano de 97. No ano de 1999, a gravadora Strange Fruit lançou um CD contendo sessões de estúdio feitas pela BBC, chamado de In Session.


Dinosaur Jr. - In Session (1999)
1. In A Jar (01-03-1989)
2. Leper (08-11-1988)
3. Keep The Glove (01-03-1989)
4. Budge (25-04-1989)
5. Bulbs Of Passion (08-11-1988)
6. Raisins (08-11-1988)
7. Keeblin' (24-11-1992)
8. No Bones (25-04-1989)
9. Does It Float (08-11-1988)
10. Get Me (24-11-1992)

Pegue aqui!

 Logo o ano de 2002 chega, e uma surpresa para os fãs do Dinosaur Jr: Mascis e Barlow aparecem no mesmo palco em dois shows tocando covers do Iggy Pop junto com outros integrantes do Stooges, como Ron Asheton, Scott Asheton e Mike Watt. Em 2005, ambos apareceram novamente em outro show, após suas respectivas bandas, tocando músicas do Deep Wound. Logo, em Abril de 2005 a banda volta as atividades definitivamente no programa "The Late Late Show With Craig Ferguson", e em Junho a banda volta a estrada para uma turnê de reunião. Apesar de um imprevisto num show em Nova York em 2006, onde a banda teve seu equipamento roubado, aquilo não diminuiu a animação do trio, participando do festival "All Tomorrow's Parties" junto de bandas que vão desde Big Business até Sleater-Kinney e Teenage Fanclub.

Após as turnês, a banda volta ao estúdio para compor novo material, o que não havia sido feito em 9 anos. Contendo a formação clássica de Bug, o álbum Beyond foi lançado em Maio de 2007 pela gravadora independente Fat Possum Records.


Dinosaur Jr. - Beyond (2007)
1. Almost Ready
2. Crumble
3. Pick Me Up
4. Back To Your Heart
5. This Is All I Came To Do
6. Been There All The Time
7. It's Me
8. We're Not Alone
9. I Got Lost
10. Lightning Bulb
11. What If I Knew


A sonoridade de Beyond remete e muito os álbuns lançados nos anos 90, mas ao mesmo tempo, o álbum possui a mesma pegada dos álbuns lançados nos anos 80. O álbum foi aclamado pela crítica, debutando no n° 69 da Billboard 200. A banda prosseguiu com as turnês, passando por toda EUA e em algumas cidades do Canadá, além de países da Europa como Portugal, Holanda e França, por exemplo. A banda também participou de mais uma edição do Reading Festival e do programa "Late Night With Conan O'Brien". A banda continuou a turnê até 2009, onde os caras decidem assinar um contrato com a gravadora independente Jagjaguwar, lançando Farm em Junho daquele mesmo ano. (Nota do autor: Consegui a edição de luxo do álbum, que contém um CD bônus, aproveitem!!!)


Dinosaur Jr. - Farm (2009)
CD 1:
1. Pieces
2. I Want You To Know
3. Ocean In The Way
4. Plans
5. Your Weather
6. Over It
7. Friends
8. Said The People
9. There's No Here
11. See You
12. I Don't Wanna Go There
13. Imagination Blind

CD 2:
1. Houses
2. Whenever You're Ready
3. Creepies
4. Show


Novamente com boa recepção, Farm marca o retorno da banda a sonoridade de Where You Been. Três singles foram lançados do álbum: Pieces, I Don't Wanna Go There e Over It. A banda começou primeiro tocando Pieces no programa "Late Night With Jimmy Fallon". Logo depois, a banda começou novas turnês nos EUA e Canadá, e depois outra turnê na Europa, passando por países como Suíça, Espanha, Portugal, Bélgica, dentre outros, além de terem feito novas datas na Austrália. Em 2011, a banda começou uma nova turnê na América do Norte e Europa, chamada de "Bug Tour", tocando o álbum na íntegra. Um desses shows foi lançado em vinil pela Outter Battery Records, chamado de Bug: Live At The 9:30 Club, Washington, DC, June 2011, em 2012. Falando nesse ano de 2012, em Janeiro Lou Barlow anunciou em seu Twitter de que a banda estava compondo e ensaiando novas músicas para um novo álbum, tendo esperanças de que conseguiriam terminar o trabalho em Março ou Abril, porém, I Bet On Sky foi só lançado em Setembro, novamente pela Jagjaguwar.


Dinosaur Jr. - Bug: Live At The 9:30 Club, Washington, DC, June 2011 (2012)
1. Freak Scene
2. No Bones
3. They Always Come
4. Yeah We Know
5. Let It Ride
6. Pond Song
7. Budge
8. The Post
9. Don't
10. Sludgefeast
11. Raisans



Dinosaur Jr. - I Bet On Sky (2012)
1. Don't Pretend You Didn't Know
2. Watch The Corners
3. Almost Fare
4. Stick A Toe In
5. Rude
6. I Know It Oh So Well
7. Pierce The Morning Rain
8. What Was That
9. Recognition
10. See It On Your Side

Pegue aqui!

Recebendo no geral, críticas boas (Como a maioria dos álbuns dos caras), o álbum teve dois singles: Watch The Corners e Don't Pretend You Didn't Know. A banda, até os dias de hoje, está promovendo esse mesmo álbum, mas o ano de 2012 também foi marcado com outro lançamento para os fãs: O álbum ao vivo Chocomel Daze, lançado pela gravadora Merge Records em Novembro de 2012, traz um show da banda feito em 1987 na Holanda. No momento, a banda está na estrada promovendo I Bet On Sky.


Dinosaur Jr. - Chocomel Daze (Live 1987) (2012)
1. Severed Lips
2. In A Jar
3. The Lung
4. Tarpit
5. Does It Float
6. Repulsion
7. Lose
8. Gargoyle
9. Raisans
10. Mountain Man
11. Sludgefeast

Nenhum comentário:

Postar um comentário